Com mais 303 novas vagas em maio, Jaguariúna supera 1,1 mil postos de empregos criados no ano

Com a retomada gradual das atividades e ainda sob forte impacto das restrições impostas pela pandemia de coronavírus, Jaguariúna voltou a registrar saldo positivo de vagas de emprego no mês de maio, segundo dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia. A cidade teve em maio 1.346 admissões, contra um total de 1.043 demissões, com saldo de 303 vagas criadas. No acumulado do ano, Jaguariúna registra um total de 1.169 novos postos de trabalhos criados nos cinco primeiros meses.

Esse é o terceiro melhor saldo registrado no ano, perdendo apenas para os meses de fevereiro (622 vagas) e março (336). Janeiro e abril foram os piores meses, com saldos negativos, respectivamente, de 50 e 42 vagas.

“O aumento dos empregos em nossa cidade ainda está sendo puxado pelo setor de serviços, mas temos certeza que logo a indústria também irá alavancar os números. Nossa expectativa é chegar até o final do ano com 2 mil vagas criadas. Estamos trabalhando para trazer novas empresas para a cidade e, assim, poder gerar ainda mais empregos”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Lúcio Tomasiello.

Jaguariúna conta com uma lei municipal, aprovada em 2019, que garante 50% dos novos postos de trabalho a moradores da cidade. A medida integra uma consistente política de incentivo fiscal do município, que visa atrair novos investimentos empresariais.

  

Comentários