CONSAB realiza seminário sobre Iluminação Pública em Cordeirópolis no dia 26

O Consórcio Intermunicipal na Área de Saneamento Ambiental (CONSAB) realiza no dia 26 de outubro, em Cordeirópolis, seminário gratuito para discussão dos desafios impostos pela transferência da responsabilidade de gestão da iluminação pública aos municípios. O evento, que acontece nas dependências da Câmara Municipal a partir das 8h30, contará com palestras de três profissionais de reconhecida atuação no setor de energia.

Em 31 de dezembro de 2014, a competência dos serviços de manutenção da iluminação das cidades brasileiras foi transferida das concessionárias às prefeituras por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Desde então, municípios de todo o país têm buscado soluções para se adequarem à nova resolução. No Estado de São Paulo, o CONSAB saiu na frente e se tornou pioneiro na gestão integrada desses serviços via consórcio.

De acordo com Dr. Fernando Fiori de Godoy, prefeito de Holambra e presidente do CONSAB, o objetivo do seminário é reunir prefeitos, vereadores, secretários municipais, servidores e moradores em um “necessário debate sobre ações que permitam o aprimoramento da gestão da iluminação pública pelos municípios”, oferecendo a aos presentes a oportunidade de aprender com “técnicos com vasta experiência”.

“As prefeituras se tornaram responsáveis pelos ativos de iluminação pública sem prévio preparo e ainda hoje, quase três anos mais tarde, enfrentam dificuldades para lidar com mais esse desafio”, explica. “Inovamos com a gestão coletiva por meio do consórcio e queremos levar essa experiência a outras cidades, além de propor um debate que permita a discussão de novas ideias e soluções inteligentes”.

Entre os palestrantes estão Carlos Augusto, sócio-diretor da KMR Energia e auditor da ANEEL; José Carlos Martinez Melero, mestre em energia com ampla atuação em prefeituras e junto à iniciativa privada; e Plínio Godoy, diretor técnico da CityLights, especializada no desenvolvimento de projetos de iluminação urbana.

A participação no seminário não depende de inscrição prévia e é aberta a todos os interessados.

Matéria: ASCOM

  

Comentários