Delegacia de Posse deixa de funcionar no período noturno

As delegacias de Santo Antônio de Posse, Holambra e Pedreira deixam de funcionar durante o período noturno e nos finais de semana. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo – SSP, o motivo seria a baixa demanda nesse horário. A instituição ainda afirma que, segundo levantamento da Polícia Civil de Mogi Guaçu, essas cidades contam com baixa demanda, tanto que em Holambra e Santo Antônio de Posse não foi registrado nenhum flagrante no período noturno neste ano.

A população dessas cidades continuará sendo atendida no plantão de Jaguariúna, que será reforçado. Quanto ao horário de expediente em horário comercial, de segunda a sexta-feira, não haverá mudança no atendimento. As mudanças nos plantões de Santo Antônio de Posse, Holambra e Pedreira, segundo a SSP, têm como objetivo otimizar os recursos existentes e reforçar o contato entre as equipes de investigação. Como opção, a Polícia Civil oferece a possibilidade de registro de ocorrências pela internet nos casos de roubos e furtos, inclusive de veículos, injúria, calúnia, difamação, acidente de trânsito (quando não há vítimas), desaparecimento e encontro de pessoas.

Em relação à segurança nas cidades, a SSP diz que o patrulhamento ostensivo é realizado pela Polícia Militar, por meio do 26º Batalhão de Polícia Militar do Interior e não haverá qualquer impacto na segurança da população.

Vale lembrar que, em julho desse mesmo ano, um comunicado enviado pelo Delegado Geral de Polícia Adjunto de São Paulo, Waldir Antonio Covino Junior, aos responsáveis pela polícia civil no estado solicitou que as direções das delegacias elaborassem um plano de contingência, mediante aos problemas orçamentários enfrentados pela instituição.

A orientação foi que fossem verificadas as contas das unidades, recursos existentes, necessidades e compromissos, apresentando o que seria suspenso. Por meio e-mail encaminhado no dia 25 de julho, alguns exemplos de cortes foram listados como: sem novas aquisições de materiais de consumo, sem recursos suplementares para combustíveis, período sem abastecimento, a não disponibilização de recursos suplementares para limpeza, impressão, manutenção predial ou de viaturas e quais seriam as unidades a serem suspensas.

 

  

Comentários