DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA À MULHER

No dia nacional de luta contra a violência à mulher a prefeitura de Jaguariúna destaca que na cidade as mulheres têm apoio a todo momento. Aqui temos mecanismos que garantem a agilidade nas ações de combate a esse tipo de crime.

Um deles é a Lei 2455/2017 sancionada pelo prefeito Gustavo Reis, que institui a Ação Patrulha Maria da Penha por meio do programa Anjo da Guarda da Mulher.

Com ela a Guarda Municipal (GM) e as secretarias municipais de Saúde, Educação e Assistência Social atuam em parceria para monitorar o cumprimento das medidas protetivas de urgência às mulheres determinadas pelo Poder Judiciário. Entre as medidas adotadas estão o acolhimento da mulher que é vítima de violência física, psicológica, sexual, moral e patrimonial.

“Também fazemos diversas palestras em escolas, empresas para orientar as mulheres sobre como pedir ajuda caso necessário. Essas ações fazem a mulher se sentir mais acolhida.”, disse a GM Roberta de Azevedo Irineu Acorsi que faz parte dessa equipe da Ação Patrulha Maria da Penha.

Outro mecanismo que garante proteção às mulheres em Jaguariúna é o Serviço de Proteção à Mulher que é prestado pela delegacia de polícia de Jaguariúna. Com ele agora há uma sala reservada de atendimento às vítimas. Assim elas têm a privacidade e a segurança garantidas.

Atualmente 45 mulheres estão sob medidas protetivas aprovadas pelo Poder Judiciário, segundo um levantamento feito pela Guarda Municipal de Jaguariúna.

Diante desses números o GM Fabrício Nunes, que também faz parte da equipe da Ação Patrulha Maria da Penha, ressalta: a mulher precisa saber se defender. Por isso, hoje a GM tem um projeto chamado Policial Amigo onde o GM Fabrício da aulas gratuitamente de jiu jitsu duas vezes por semana na cidade.

“A gente tem bastante exemplo de mulheres que conseguiram se defender com golpes de luta. Faz muita diferença a mulher se conhecer mais. Ela não fica tão vulnerável. O jiu jitsu serve como método de defesa pessoal e também ajuda no equilíbrio emocional.”, disse o GM Fabrício Nunes.

Locais e horários das aulas de jiu jitsu:

Terças-feiras: às 19h no Parque Santa Maria.
Sábados: às 10h na escola municipal Julia Calhau
às 17h no Parque Santa Maria.

Denúncias devem ser feitas pelo telefone: 153.

Reportagem: Lícia Mangiavacchi 

Foto: Ivair Oliveira

 


Comentários