DIA NACIONAL DO TURISMO SERÁ COMEMORADO NA SEXTA-FEIRA COM APRESENTAÇÃO DE APP DESENVOLVIDO POR ALUNOS DA “FRANCO MONTORO”

Desenvolvido por alunos do curso de Ciências da Computação da Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro”, sob a orientação do coordenador Ivan Soares, será apresentado na próxima sexta-feira, dia 27, às 19h30, o App de Informações Turísticas de Mogi Guaçu, que complementa as ações do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo).

O aplicativo foi concebido para smartphones com sistema operacional Android, desenvolvido pelo Google, que possui interface de usuário baseada na manipulação direta, e traz informações sobre gastronomia local, rede hoteleira e principais atrações turísticas de Mogi Guaçu, além de endereços e telefones úteis.

Dentre as atrações são elencados, por exemplo, os principais eventos que se consolidaram nos últimos anos, como Expoguaçu, Natal Luz, Exposição de Orquídeas, Festa Italiana, Stock Car e o Domingo na Franco.

Alguns dos pontos turísticos são o Parque dos Ingás, com a Ponte Metálica considerada o cartão postal da cidade, o Museu de Arte Sacra do Centro de Convergência Cultural “Teotônio Vilela”, antiga estação de trem, e o Parque Ecológico da “Franco Montoro”, que abriga o Sítio Arqueológico “Franco de Godoy”, onde foram encontradas as igaçabas que dão nome ao Jardim Igaçaba e hoje se encontram expostas no Centro Cultural.

MIT

O Plano de Ações do COMTUR foi entregue ao prefeito Walter Caveanha no dia 13 deste mês, para encaminhamento à ALESP (Assembleia Legislativa de São Paulo) a fim de que seja apreciado e aprovado pelos deputados estaduais para inclusão de Mogi Guaçu entre os Municípios de Interesse Turístico (MIT), programa do Governo do Estado de São Paulo.

O documento contém cópias do inventário de pontos turísticos, produzido pelos alunos de Administração, do Plano Diretor e certidões que atestam a existência de serviços essenciais na cidade. Ao ingressar no MIT, o Município poderá obter recursos financeiros mediante a aprovação de projetos pela Secretaria de Estado da Cultura.

 


Comentários