Dr. Fernando inaugura pavimentação de vicinal no Fundão

O prefeito Fernando Fiori de Godoy inaugurou na última sexta-feira, dia 28 de julho, a pavimentação asfáltica de 2,8 quilômetros da estrada municipal HBR-323, no bairro Fundão. O investimento, de R$ 650 mil, garantiu conquista inédita à cidade: todas as creches e escolas municipais passam a ter acesso 100% pavimentado.

O deputado estadual Cauê Macris, presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo e autor da emenda parlamentar que liberou R$ 500 para a realização da melhoria, participou da cerimônia que contou ainda com a presença do vice-prefeito Fernando Capato, de vereadores, servidores municipais e moradores.

“Muitos não acreditavam que seria possível realizar uma obra como esta, com esse valor. Por esse motivo, parabenizo o trabalho da Prefeitura com seus engenheiros pela elaboração de um projeto que não gerasse um gasto tão alto, como era o esperado”, afirmou o deputado.

O momento foi de celebração por essa importante conquista que vai beneficiar centenas de famílias. Valdir de Almeida, que é integrante da Associação de Agricultores Familiares de Holambra (AAFHOL), comemorou: “Vai facilitar o escoamento da produção. O valor do transporte da mercadoria vai cair. Vou economizar e o meu o sítio vai ser valorizado”, pontou.

Economia também para Janeclei Bertolazo da Silva, que tem uma filha de 2 anos e cinco meses que frequenta a creche Favo de Mel. A unidade fica às margens da estrada.

“Por causa da terra, os pneus sofriam desgastes com frequência. Agora não vou precisar gastar tanto com a manutenção do carro”, explicou. O encarregado de produção, Sérgio Donizete Adão, tem um filho de 9 anos matriculado na escola do bairro, Novo Florescer, em frente à creche. Ele afirma já ter enfrentado muitos problemas para levar o menino para estudar.

“Em época de chuva era um transtorno. O carro encalhava. Meu filho já chegou a perder aula. Agora está uma maravilha”, destacou.

Os funcionários da unidade de ensino também comemoram. “Os carros passavam e levantavam muita poeira. Muitos funcionários sofriam com problemas respiratórios. Era difícil trabalhar. Agora está tudo 100%”, afirmou Natália Maria Bassani, diretora da escola Novo Florescer.

Matéria: ASCOM

  

Comentários