Edson & Hudson se apresentam na Red

EdsonEdson & Hudson é a atração da Red Eventos no dia 20 de maio, o show inédito, com a presença da Orquestra Paulistana de Viola Caipira, marca a segunda edição do Encontro de Violas do Projeto Arte do Bem  2016.  Os ingressos a partir de R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira) já estão disponíveis nos pontos de venda e também pelo site.

Nascidos e criados em família circense, os irmãos Cadorini tiveram grande apoio do pai, o palhaço e acrobata Beijinho, que percebeu o carisma e o talento dos filhos ainda quando crianças. Incentivados pela família, começaram a cantar desde muito novos. Inicialmente, utilizavam os pseudônimos de Pepi e Pupi e apresentavam-se em praças públicas, bares, rodeios, bailes e circos. Acostumados desde cedo aos espetáculos e à estrada, logo adquiriram a experiência necessária para mostrar o potencial que tinham para a música.

Em 1991, já como Edson & Hudson, passaram pelo show de calouros de Raul Gil, onde tiveram a grande oportunidade de serem vistos e ouvidos pelo grande público. A voz poderosa e afinada de Edson unida aos riffs de rock da guitarra de Hudson (a época nada usuais na música sertaneja), chamaram logo a atenção do público e dos formadores de opinião. Essa mistura acabou se tornando o grande diferencial da dupla e marcou um estilo que revolucionou o mercado sertanejo, atraindo e influenciando uma nova geração de seguidores e artistas. Outro fato importante que ajudou a alavancar ainda mais a popularidade da dupla foi a explosão do mega hit “Azul” nas principais rádios do Brasil.

Entre 1995 e 2014, os irmãos passaram por cinco gravadoras: RGE, Sony Music, Deck Disc, EMI Music e Radar, lançando dezoito álbuns, entre CDs e DVDs de carreira e compilações, contabilizando a venda de mais de 1 milhão de discos. Durante a carreira, Edson & Hudson figuraram como atração principal dos grandes eventos sertanejos e rodeios, como Barretos, Jaguariúna, Americana, Osasco, entre outros, batendo consecutivamente recordes de público e lançaram hits consagrados, como “Galera Coração”, “Foi Deus”, “É Amor Demais”, “Fala”, “Guarda-Roupa Vazio”, “Escândalo de Amor”, entre muitas outras.
Já a Orquestra Paulistana de Viola Caipira, que acompanhará a dupla em parte da apresentação, é composta em sua maioria por músicos amadores, que deixam suas profissões do dia a dia por algumas horas para se dedicarem à música. Com um repertório eclético que vai da música de raiz à erudita, com arranjos e abordagens surpreendentes, a Paulistana de Viola Caipira já se apresentou em todo o Brasil e até no exterior, deixando sua marca registrada: a formação de público para a Viola Caipira, agradando até os mais exigentes ouvidos.

Arte do Bem
O Projeto Arte do Bem tem como objetivo difundir a música instrumental e erudita, promovendo o encontro entre orquestras e artistas consagrados do cenário nacional. Em edições anteriores, o Encontro de Violas do projeto trouxe cantores como Daniel, Renato Teixeira, Almir Sater, Sérgio Reis, Matogrosso & Mathias e Zé Geraldo, sempre acompanhados da Orquestra Paulistana de Viola Caipira e seus 35 violeiros. Além de promover cultura, o Projeto Arte do Bem beneficia diretamente dez mil pacientes em tratamento ou acompanhamento no Hospital Boldrini. A instituição receberá os recursos arrecadados com a venda dos ingressos do show. O evento tem patrocínio da ABL do Brasil e produção da Articular. Mais informações podem ser acessadas no site.

  

Comentários