Em Mogi Guaçu, Secretário de Estado anuncia novos investimentos para infraestrutura da Educação

O prefeito Rodrigo Falsetti recebeu na manhã de terça-feira, 28 de dezembro, o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, e o deputado estadual Barros Munhoz para uma reunião de trabalho acompanhada por vereadores, pelo vice-prefeito Major Marcos Tuckumantel e autoridades de Mogi Guaçu e região. Na pauta, importantes anúncios de investimentos para o setor.

O primeiro deles veio de pronto: a confirmação, pelo Estado, da retomada das obras da primeira escola do distrito de Martinho Prado, paralisadas há mais de dois anos. O pleito, reforçado ao longo do ano pela atividade parlamentar do vereador Pézão, é objeto de nova licitação em andamento pelo Governo Paulista.

Atendendo a pedidos do prefeito guaçuano, Rossieli anunciou ainda a construção de nova unidade de ensino no bairro Jardim Sakaida, região em franca expansão, e também a destinação de recursos para ampliação de três escolas municipais de ensino infantil: uma no Centro e duas na Zona Sul da cidade.

“Recebermos novamente uma autoridade do Governo do Estado reforça o protagonismo que Mogi Guaçu está retomando desde o início do nosso governo. São mais investimentos para fortalecer a estrutura de ensino e melhorar a vida das pessoas”, destacou o prefeito

Serão, nesta fase, cerca de R$ 18 milhões em melhorias confirmadas ao município. “A parceria com o Estado deve ser uma via de duas mãos. De apoio mútuo. E é muito importante para asseguramos novos avanços e obras que beneficiem quem vive no Guaçu”, ressaltou.

Rossieli também trouxe na mala pedidos à Prefeitura. O principal deles, a retomada da contribuição do município com a merenda servida em escolas estaduais, uma atribuição do Governo de São Paulo. Os detalhes desse convênio serão discutidos já no início do ano, em 3 de janeiro, durante reunião marcada para acontecer em São Paulo.

Participaram da reunião em Mogi Guaçu os vereadores Delegada Judite Reis, Dr. Fernandinho Zétula, Jéferson Luís, Lili Chiarelli, Luciano da Saúde e Natalino Tony Silva.

 

  

Comentários