Em um ano a Câmara de Engenheiro Coelho custou R$104 por habitante

A Câmara Municipal de Engenheiro Coelho custou aos cofres públicos R$104,48 per capita (por habitante) em um ano, de acordo com um levantamento chamado de ‘Mapa das Câmaras’, realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo.

Ou seja, a Câmara de Engenheiro Coelho, que conta com 11 vereadores nesta legislatura, custou ao contribuinte R$2.170.285,26 no período de maio de 2019 à abril de 2020.

Assim, dividindo por cada habitante coelhense – 20.773 pessoas (de acordo com o Censo/IBGE) – o resultado é de R$104,48 per capita, utilizadas em despesas liquidadas com pessoal e custeio da Casa de Leis.

Estes dados divulgados pelo TCE, cruza os dados de custeio das Câmaras Municipais, com o número de habitantes, o número de vereadores da cidade indicando o gasto per capita, ou por habitante.

Ainda de acordo com o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, a média estadual de gastos das Câmaras Municipais é de R$85,85 nos 644 municípios do estado. Fora a cidade de São Paulo que tem o próprio tribunal fiscalizador em sua cidade.

Abaixo, a relação de valor total dos gastos de Câmaras na Região Metropolitana de Campinas:

Artur Nogueira: R$ 2.384.005,43
Cosmópolis: R$ 5.421.532,59
Nova Odessa: R$ 5.066.491,69
Engenheiro Coelho: R$ 2.170.285,26
Campinas: R$ 108.268.453,00
Jaguariúna: R$ 5.127.680,63
Paulínia: R$ 28.771.491,32
Sumaré: R$ 19.784.702,67
Hortolândia: R$ 19.784.702,67
Indaiatuba: R$ 12.520.935,84
Valinhos: R$ 16.882.522,97
Vinhedo: R$ 7.244.160,18
Louveira: R$ 13.772.446,70
Americana: R$ 23.472.506,36
Santa Bárbara d´Oeste: R$ 14.542.910,17
Holambra: R$ 2.065.685,78
Santo Antônio de Posse: R$ 2.536.296,70

  

Comentários