Embalagens tornam flores e plantas mais atrativas como presente de Natal

As flores e plantas ornamentais vão além da decoração nas festas de fim de ano.

Para torná-las ainda mais atrativas também como presentes de Natal, os produtores estão investindo cada vez mais na apresentação, fazendo com que cheguem ao mercado em criativas embalagens ou preparadas para chamar a atenção dos consumidores. É o caso das tinturadas e das “maquiadas, que começou com rosas e orquídeas anos atrás e, agora, chegam às diversas variedades de suculentas e até às tradicionais tuias, popularmente conhecidas como pinheirinho de Natal.


Em época de pandemia e economia apertada, com dólar e euro muito elevados, é difícil para os produtores investirem em novas variedades, já que os melhoramentos genéticos são caros e demandam longos períodos de testes. Para chegar ao consumidor, desde a sua criação, uma nova variedade demora, em média, cerca de sete anos. No entanto, por já contar com um leque de mais de 3.500 variedades de cerca de 300 espécies, o mercado floricultor tem encontrado na criatividade as opções para customizar flores e plantas transformando-as em novidades aos olhos dos consumidores.

A expectativa da Cooperativa Veiling Holambra para o período de Natal e fim de ano é de crescimento. Graças ao avanço da imunização e à liberação de eventos, a estimativa para as festas de fim de ano é de um crescimento em torno de 10% no volume de produtos comercializados, em relação aos resultados alcançados em 2020, quando, nesta época, foram negociados cerca de 26 milhões de unidades (período de 29/11 a 26/12). As poinsettias, conhecidas como Flor do Natal, permanecem em alta. O produtor Renée Vernoy informa ter vendido antecipadamente toda a sua produção de 140 mil vasos (pote 11). O volume produzido este ano é o mesmo de 2020.

Ideias criativas

As tradicionais tuias holandesas verdes, na versão mini, as echeverias e os cactos “Mickey” passaram pelo “make-up” e estão mais decorativas nas cores vermelho e prata. Diferentes variedades de suculentas – as queridinhas dos colecionadores – ganharam chamativas embalagens com desejos de Feliz Natal ou na forma de chapéu nordestino.E bastou colocar um delicado laço de fita vermelha para amarrar as pontas das sansevierias cilíndricas já entrelaçadas na forma de tranças para torná-las perfeitas para a decoração do Natal. Também os bulbos de Amaryllis foram envolvidos em decorativos suportes de parafina ou “vestidos” com graciosas capas de crochê com estampas do Papai Noel, de pinguins e ursos.

“Todas as sugestões de flores e plantas servem não apenas para decorar os ambientes como para presentear as pessoas neste Natal. É um presente singelo e que deixa qualquer ambiente mais alegre e festivo”, diz Thamara D´Angiere, gerente de Marketing da Cooperativa Veiling Holambra.

  

Comentários