Empresários apresentam ao prefeito projeto para desenvolver área na SP-340

Articulado pelo vereador Adalberto Bergo Filho (Dal do Betoca/PSB), um grupo de empresários proprietários de terras nas margens da Rodovia Gov. Adhemar de Barros (SP-340) reuniu-se com o prefeito de Santo Antônio de Posse, Norberto de Olivério Junior (PSD), na manhã da terça-feira, 9, para discutir um plano de desenvolvimento para alavancar investimentos naquela região. A proposta dos empresários é realizar uma parceria com o poder público a fim de preparar a área, localizada na altura do Km 142 da rodovia, sentido Mogi/Campinas, para receber futuros empreendimentos industriais, agrícolas e comerciais.

Nesse sentido, os empresários defendem que a construção de uma via marginal com extensão de cerca de 1 quilômetro margeando a Pista Sul é fundamental para alavancar o desenvolvimento da região e facilitar o acesso às propriedades, hoje basicamente restrito a máquinas agrícolas e veículos rurais. O projeto prevê a abertura de um acesso de desaceleração nas imediações do Km 142 (antes do “Posto BR” localizado em frente ao “Backer”), com a construção da marginal de pavimento asfáltico passando em frente ao posto e seguindo até o entroncamento Posse/Holambra/Jaguariúna, na SP 340.

O vereador explica que batalha há algum tempo pela concretização desse projeto por entender que a iniciativa irá gerar prosperidade para a região, atraindo investimentos, emprego e renda aos trabalhadores, além de resultar em mais impostos ao município. “Trata-se de um ótimo projeto para a cidade que vai ajudar a atrair investimentos, promover desenvolvimento e expansão em uma região onde existe um enorme potencial a ser explorado, com uma rodovia fantástica, acesso a gás e fibra ótica, muito próxima a Campinas e ao Aeroporto de Viracopos. Esse local, inclusive, poderá até abrigar um novo distrito industrial no futuro”, argumenta Dal, acrescentando: “Esta ideia surgiu há alguns anos e desde o início me coloquei à disposição do grupo de empresários, por isso viemos conversar com o prefeito. Com o apoio da Prefeitura, a viabilidade e a execução do projeto com certeza vão ser muito mais rápidas”.

O empresário Túlio Benatti, que lidera o grupo de empresários, informou que o projeto já teve a sinalização positiva da Renovias, concessionária da rodovia. Sobre os recursos necessários, ele garantiu que o grupo tem interesse em ajudar a financiar a obra em conjunto com a Prefeitura. Por sua vez, o prefeito Norberto disse que a administração apoia a iniciativa e imediatamente determinou um levantamento técnico para atestar a viabilidade do projeto, os custos, as possíveis desapropriações e licenças dos órgãos técnicos que serão necessárias para a execução da obra. “Vamos fazer esse levantamento porque temos todo o interesse em realizar a obra, mas hoje não temos recursos próprios para isso”, avisou aos empresários, que reafirmaram a disposição em dividir os custos com a prefeitura para tirar o projeto do papel.

Matéria: ASCOM

  

Comentários