Equipes levam vacinação contra a Febre Amarela à Zona Rural

A Vigilância Epidemiológica enviou cinco equipes para intensificar a vacinação contra a febre amarela na zona rural de Mogi Guaçu, neste sábado, dia 11 de fevereiro.Uma equipe foi designada para o distrito de Martinho Prado Júnior e outra para as Chácaras Alvorada. As outras três foram incumbidas de visitar moradores de propriedades rurais e trabalhadores nas lavouras em regiões como Itaqui e Roseira.

A operação começou logo cedo e avançou o período da tarde. Na prática, a vacinação na área rural vem sendo realizada há mais de uma semana. A intensificação é uma determinação do Ministério da Saúde repassada aos municípios sob a jurisdição da Diretoria Regional de Saúde de São João da Boa Vista.

Embora Mogi Guaçu e as demais cidades da região não sejam classificadas como áreas de risco e não tenham casos da doença, são consideradas áreas com recomendação de vacina. O objetivo de priorizar a vacinação de quem mora ou trabalha na zona rural é criar uma barreira imunológica para impedir que o vírus penetre o território do Município.

A ação deve ser repetir pelos próximos dois meses porque a área rural de Mogi Guaçu é bastante extensa e tem uma população estimada em quase 7 mil moradores. A Vigilância Epidemiológica reservou 1.500 doses da vacina para as cinco equipes neste primeiro sábado, do lote de 5 mil doses recebidos na quinta-feira.

O restante foi distribuído para as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família nesta sexta-feira. Além de quem mora ou trabalha na zona rural, a prioridade é vacinar também pessoas que vão viajar para áreas de risco, como o Norte e o Centro-Oeste e parte do Nordeste, Sudeste e Sul.

  

Comentários