Escolas de Engenheiro Coelho tem volta as aulas adiadas pelo Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o início das aulas nas escolas públicas do estado serão adiadas. A previsão, que o chefe do estado mesmo anunciou há mais ou menos um mês, foi que as aulas voltariam no dia 8 de setembro.

Mas o anúncio, feito no início desta tarde em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, zona sul de São Paulo, foi que as aulas tem previsão de volta no dia 5 de outubro.

O governador também anunciou que todas as unidades educacionais serão liberadas para recuperação de notas e uma espécie de acolhimento de alunos, que será opcional, a partir de 8 de setembro.

De acordo com João Doria, a ideia é atenuar a situação de pais que já voltaram à trabalhar, pós quarentena e não tenham com quem deixar seus filhos, que estão em idade escolar.

Anteriormente apresentado, o governo de São Paulo agora abandona o plano de retomada da educação no estado, que era condizente com a fase do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena, que exigia que 80% da população de São Paulo estivesse dentro da fase amarela do plano e que faria as aulas voltarem gradativamente.

Desde 23 de março deste ano, as escolas públicas e privadas estão fechadas por conta da quarentena

  

Comentários