Fábrica de embalagens de Jaguariúna reforça compromisso com segurança de alimentos

A Sealed Air, indústria líder em embalagens e soluções de proteção conhecida por suas embalagens a vácuo da marca Cryovac, acaba de conquistar a Certificação em FSSC 22000 (Food Safety System Certification) para sua fábrica de Jaguariúna. A certificação é reconhecida pelo GFSI – Global Food Safety Initiative, fundação que padroniza os requisitos de segurança para a cadeia de alimentos em todo o mundo.

A conquista da FSSC 22000 garante a existência de controle em toda cadeia produtiva, desde o recebimento da matéria-prima a expedição, passando por todo processo produtivo para que nenhuma embalagem comprometa a integridade e segurança do alimento embalado.

Natália Guandalini, Gerente de Qualidade da Sealed Air, explica que mesmo a Certificação FSC 22000 não sendo mandatória para órgãos reguladores no Brasil, a conquista faz parte do compromisso da empresa com a garantia de segurança de alimentos para seus clientes. “Nos orgulhamos pelo recebimento da certificação. Qualidade e Segurança de alimentos sempre foram fatores inegociáveis para nós e hoje mais do que nunca se faz necessário ampliar a garantia de excelência em todos os nossos processos. Neste contexto, ampliamos nosso compromisso com processos rígidos de controle em toda nossa planta para garantir aos nossos clientes que nossas embalagens estão aptas a proteger os produtos, contribuindo para o fornecimento de alimentos seguros para o consumidor”, comenta Natália.

A fábrica da Sealed Air de Jaguaríuna (SP) é a principal planta da empresa no Brasil. Sua operação teve início em 2010 e hoje produz sacos termoencolhíveis e filmes para contato com alimentos.

Sobre a Sealed Air
A Sealed Air existe para proteger, resolver desafios críticos de embalagem e deixar nosso mundo melhor do que o encontramos. Nosso portfólio de soluções líderes inclui embalagens de alimentos da marca CRYOVAC®, embalagem protetora da marca SEALED AIR® e embalagem da marca BUBBLE WRAP®, que coletivamente permitem uma cadeia de suprimento de alimentos mais segura e eficiente e protegem bens valiosos enviado

  

Comentários