Falta de testes de Covid-19 no mercado Farmacêutico exige adequação em protocolo na cidade

A equipe de logística da Secretaria Municipal de Saúde segue monitorando os estoques disponíveis na cidade

A falta de testes diagnósticos para Covid-19 no mercado farmacêutico exigiu que a Secretaria Municipal de Saúde adequasse o protocolo de testagem no município. Agora, os pacientes que apresentam síndrome gripal, que estiverem com dois ou mais sintomas ou que apresentarem condições de risco, terão prioridade na realização dos testes.


Pertencem ao grupo de risco: gestantes e puérperas, indivíduos com comorbidades avaliadas pelo médico e profissionais da saúde.

O problema no fornecimento de testes vem atingindo todo o país nas últimas semanas. A alta demanda, provocada pelo aumento de casos pela variante ômicron, está provocando a escassez de insumos para a realização dos testes e o aumento dos preços.

A equipe de logística da Secretaria Municipal de Saúde segue monitorando os estoques disponíveis na cidade e, em contato constante com fornecedores para manter os prazos de entrega dos itens que já foram comprados

  

Comentários