FREE PLAY FATURA 10 MEDALHAS EM LIMEIRA

Equipe faturou três ouros, quatro pratas e três bronzes no Torneio Regional Infantil a Sênior, promovido no dia 21, no Gran São João

A Academia Free Play Sports disputou no sábado, 21, o 5º Torneio Regional Infantil a Sênior da 2ª Região da Federação Aquática Paulista (FAP). A competição foi promovida no Gran São João, clube localizado em Limeira. A equipe coordenada por Ricardo Antonio Martiniano contou com 16 atletas na delegação.

O evento reuniu um total de 22 entidades, com 214 homens, 137 mulheres e uma soma de 351 atletas. Foram conquistadas 10 medalhas, sendo três de ouro, quatro de prata e três e bronze. Foram registrados um ouro na infantil 1, um ouro na infantil 2 e outro na junior/sênior. As pratas vieram na infantil 2, juvenil 1 (2 medalhas) e na júnior/sênior e, os bronzes, foram duas na infantil 1 e outra na junior/sênior.

A equipe teve ainda sete quartos lugares, sete quintos lugares, dois sextos lugares, dois sétimos lugares e seis oitavos lugares, totalizando 34 presenças no “Top 8”. Houve ainda dez melhoras de tempo, fator sempre muito comemorado pela comissão técnica. “A evolução dos atletas é notória. Claro que temos ajustes para fazer, mas estão se desafiando e competindo bem, que sigam aplicados para se superar”, frisou Ricardo.

INFANTIL 1

Vamos começar então pelo recordista de medalhas no campeonato entre os atletas da Free Play. Arthur Carvalho, que nada na infantil 1, categoria que reunia os mais jovens do evento, nascidos em 2009, foi ouro nos 200 medley e bronze nos 100 livres e nos 100 borboleta. O atleta foi o quarto colocado nos 50 livres.

Na mesma categoria, Eduardo Davi Longhi foi o 12º colocado nos 200 livres, 15º nos 50 livres e 19º nos 100 livres. Já Otávio Bedim Ubilla ficou em 13º nos 200 livres, 17º nos 100 livres e 18º nos 50 livres.

INFANTIL 2

Entre os nascidos em 2008, que integram a categoria infantil 2, Lucas Morari Donegá foi campeão nos 200 metros peito e vice nos 200 costas. Ele ainda ficou em quarto nos 200 livres e em quinto nos 400 livres. Já Lívia Nunes garantiu uma sexta posição nos 100 peito e foi a 14ª classificada nos 50 livres.

JUVENIL

Luís Henrique Jamarino Dini e Victória dos Santos Marcondes conquistaram medalhas de prata na categoria juvenil 1 (nascidos em 2007). Luís foi o segundo colocado nos 200 borboleta e Victória nos 800 livres. Ele ainda ficou com o quarto lugar nos 100 borboleta, o quinto nos 200 medley e o 12º nos 50 livres. Ela obteve um quinto lugar nos 100 borboleta, um sexto nos 400 livres e um oitavo nos 200 livres.

Já Carlos Eduardo Tagliaferro foi o 10º colocado nos 200 livres, 22º nos 100 livres e 28º nos 50 livres. Na juvenil 2 (nascidos em 2006), Vinicius Eduardo Souza Módena foi o sétimo colocado nos 100 costas e 22º nos 100 livres.

JUNIOR/SÊNIOR

Já os atletas nascidos em 2005 ou antes estiveram juntos nas disputas da junior/sênior. Medalha de ouro para Tomas Coradi Lino, nos 200 borboleta. Ele também pegou uma prata nos 100 borboleta e foi o quarto colocado nos 50 borboleta e nos 400 medley.

A outra medalha da categoria veio com Murilo Cecato Barboza, bronze nos 50 peito. Ele foi ainda o quinto nos 200 peito e o nono nos 100 peito. Sua irmã, Bárbara Cecato Barboza, cravou a quarta posição nos 100 peito e nos 400 livres e foi também a quinta nos 200 peito e nos 400 medley. Melissa D’Orazio de Almeida ficou em quinto lugar nos 50 borboleta, foi a sétima nos 100 livres. terminou em oitavo nos 50 livres e em 10º nos 100 borboleta.

Breno Baumann Poli ficou na oitava colocação nas quatro provas em que disputou: 50 e 100 livres e 50 e 100 borboleta. Flávio Pereira Ribeiro foi o 10º colocado nos 200 livres e terminou em 21º nos 50 livres. Eric Rian Carvalho de Oliveira ficou em 20º lugar nos 50 borboleta e nos 50 livres.

“As categorias petiz e júnior/sênior elas estão em um período de base e ganharam medalhas mesmo assim. Digo por causa da data das disputas, porque estes campeonatos, destas categorias, são mais lá na frente, em julho. O infantil e o juvenil que estão em trabalho de potência e aí sim já é o normal esperar melhores resultados. Tanto que o Arthur e o Lucas foram destaques. Os demais estão meio ‘travadões’ e, mesmo assim, vieram estes resultados legais nas últimas competições”, reforçou Martiniano, citando também os resultados obtidos no dia 14 de maio, em Araras, no Torneio Pré-mirim a Petiz.

O trabalho da Free Play é desenvolvido com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Mogi Mirim, através da Secretaria de Esporte Juventude e Lazer (Sejel), Colégio Conectado, Gonçalves Avenida Society, Ótica Líder, Sucos Alvorada e VSwim e apoio do Laboratório 22 de Outubro, Clínica Vitallis e Macaúbas Eco Restaurante.

 

  

Comentários