OR – Google destaca UNIFEOB como caso de sucesso em transformação digital

 


A UNIFEOB foi reconhecida pela multinacional Google, parceira da instituição, pelo sucesso ao implantar e utilizar tecnologia de ponta para inovar no processo de aprendizado. A menção está no blog educacional mundial da Google, no qual a empresa divulga ferramentas e casos de sucesso de instituições de ensino superior e médio. Com a publicação, a UNIFEOB se torna conhecida globalmente como instituição de ensino superior entusiasta do uso de tecnologias avançadas.

Confira a postagem do Google for Education: bit.ly/2Trbj7C
Para o reitor da UNIFEOB, João Otávio Bastos Junqueira, no entanto, a tecnologia não substitui as pessoas. “Ela cria pontes entre elas, como é o caso da plataforma Google que utilizamos”. Para o gestor de Tecnologia da Informação (TI) da instituição, Wellington Silva, o estudo ficou mais prático, dinâmico, acessível e compartilhável. “Cria interação entre as pessoas. Os estudantes têm a opção de fazer tudo pelo celular, tablet. As ferramentas do Google uniram eles e criaram um dinamismo no aprendizado”, afirma.

As aulas práticas baseadas em tecnologia Google são outro diferencial. Hoje, quem estuda na UNIFEOB pode ter experiências tecnológicas imersivas. “Um estudante de Engenharia Civil, por exemplo, pode ter aulas com realidade aumentada. O professor projeta uma ponte no meio da sala de aula e, com uso de celular e óculos de realidade virtual, é possível ‘entrar’ e analisar a estrutura. É um ganho muito grande para a aprendizagem”, comemora Wellington.

Estrutura
Com a adoção das novas tecnologias pela parceria com a Google, a UNIFEOB também repensou os espaços físicos. Hoje, são modernizados e colaborativos; a Biblioteca digitalizou todo o acervo e empresta Chromebooks, além de livros. Com isso, os agendamentos por laboratórios de informática não são mais necessários. “Na nossa região, temos o maior sistema de Wi-Fi de longo alcance e o maior link de internet que uma operadora de telefonia pode fornecer. Podemos dizer, portanto, que a UNIFEOB é a instituição mais digital da região em termos de ferramentas, projetos e infraestrutura”, garante Wellington.

Salas de aula também foram modificadas e novos ambientes de aprendizagem criados baseados na cultura Google for Education, com a intenção de oferecer liberdade para estudar onde e como for mais conveniente. “Temos espaços compartilhados, salas multiuso onde se pode até escrever nas paredes e depois apagar, carteiras que podem ser combinadas de acordo com a necessidade das aulas”, exemplifica.

Nuvem Mestra
A transformação começou em 2017, quando foi firmada a parceria com a Nuvem Mestra, consultoria de tecnologias educacionais referência na América Latina, responsável pela implantação do programa Aluno Tutor, no qual estudantes da UNIFEOB aprendem a utilizar as tecnologias Google para compartilhar o conhecimento com colegas e professores.

“O projeto foi trazido por nosso reitor João Otávio. Em uma viagem que fez em 2016, ele conheceu o projeto Google for Education e trouxe para a UNIFEOB. Em março de 2017, iniciamos as tratativas para iniciar as aulas do segundo semestre já com a plataforma. Começamos a treinar professores e administrativos. O início da implantação da cultura digital Google foi em março e a utilização pelos estudantes em agosto de 2017”, lembra Wellington. O presidente da Nuvem Mestra, Tony dos Santos se diz orgulhoso por fazer parte da parceria. “Estamos conquistando o que pouquíssimas universidades conseguiram no Brasil: chegar a esse ponto de treinamento, de implantação de tecnologia e transformação digital que a UNIFEOB está fazendo”.

Visita à sede da Google
Em 2019, dezoito Alunos Tutores da UNIFEOB visitaram os escritórios da Google a convite da empresa. No encontro, foram apresentadas novas tecnologias e os estudantes puderam participar de oficinas, compartilhar experiências e fazer networking com outros universitários do Brasil, além de aprender sobre a rotina da multinacional. As visitas à megacorporação estão previstas para serem anuais.

 


Comentários