Governo de SP abre inscrições para 5 mil vagas em cursos do Via Rápida

Programa oferece bolsa de R$ 210, como ajuda de custo aos alunos; Interessados podem se inscrever pela internet até o dia 24 de julho

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, está com 5 mil vagas abertas para 38 cursos de qualificação profissional do Via Rápida, com bolsa-auxílio de R$ 210, em 13 regiões do estado. As inscrições devem ser feitas no site www.cursosviarapida.sp.gov.br até o dia 24 de julho.

Os cursos são para diversas áreas, como tecnologia, marketing, turismo e conteúdos para a internet e estão divididos em três modalidades: SP Criativo, SP Tech e Via Rápida. Entre as regiões participantes estão Araçatuba, Barretos, Bauru, Campinas, Franca, Marília, Presidente Prudente, Central, Metropolitana, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Podem participar maiores de 16 anos e residentes do estado de São Paulo. A convocação dos candidatos selecionados ocorrerá por e-mail e as aulas têm previsão para início em 4 de agosto. O certificado será entregue aos alunos com ao menos 75% de presença nas aulas.

Bolsa-auxílio

Os participantes do programa Via Rápida receberão uma bolsa única de R$ 210 para ajudar nas despesas, após a realização do curso. Para receber o auxílio, além de estar desempregado e ter concluído o curso com frequência mínima de 75%, o estudante não pode estar recebendo seguro-desemprego. O pagamento será feito por meio do programa Bolsa do Povo.

Sobre o Via Rápida

O Via Rápida oferece cursos gratuitos de qualificação profissional para jovens e adultos em busca de melhores oportunidades de emprego e geração de renda. Os cursos são oferecidos de acordo com o mercado de trabalho de cada região em parceria com os municípios, por meio do Centro Paula Souza e Senac.

Cursos

  • Agência de Turismo: Práticas operacionais e tendências do mercado de Viagens
  • Agente de Viagens
  • Analista de Marketing em Mídias Sociais
  • Banco de Dados para Web
  • Básico em Computação – Windows e Office
  • Básico em Organizações de Eventos presencial e digital
  • Business Intelligence com Excel
  • Casamento: Planejamento à Celebração em grande estilo
  • Como Vender nas redes sociais e Criação de Posts para Redes Sociais
  • Condomínios: gestão da infraestrutura e da operação
  • Confecção de Bijuterias
  • Cuidador Infantil
  • Design de Plataformas Digitais – Web
  • Design de Publicações Impressas e Digitais – do projeto a produção digital
  • Edição de Vídeo
  • Formação em Segurança de Servidores
  • Jardinagem: formação básica
  • Lógica de Programação
  • Manutenção de Micro e Implantação de Rede Local
  • Marketing Digital em Redes Sociais e E-Commerce
  • Marketing e Comunicação de Moda
  • Monitor Ambiental
  • NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade
  • NR 33  Espaços Confinados para Supervisor
  • NR 35 – Segurança no Trabalho em Altura
  • Organização de Residências (Personal Organizer)
  • Orientador de Turismo Local
  • Planejamento e Gestão de Empreendimentos Gastronômicos
  • Preparo de Marmitas
  • Produção de Vídeo para Internet
  • Produção de Websites Expert – Front End
  • Publicidade Digital – Criação e Conteúdo para Mídias Digitais
  • Recepção e Atendimento em Hospitalidade
  • Recepção e Atendimento Telefônico
  • Técnicas Básicas de Patchwork
  • Técnicas Básicas de Vendas de Materiais de Construção
  • Técnicas Básicas para Camareiro(a)
  • Tecnologias de Segurança de Redes

Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce papel fundamental para atrair investimentos ao Estado, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho. Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance.

No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria, como o Centro Paula Souza,  Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo (USP).

  

Comentários