Governo de SP levará 10 empresas para o Festival de Cinema de Cannes

Segunda das nove missões do CreativeSP terá stand no Marché du Film, na França, de 17 a 22/5; uma das selecionadas concorre à Palma de Ouro

O Governo de São Paulo realiza a segunda missão do CreativeSP/ Programa de internacionalização da economia criativa, que tem como objetivo impulsionar o intercâmbio internacional das empresas paulistas do setor e atrair investimento estrangeiro para São Paulo. Ação acontece durante o Festival de Cinema de Cannes 2022, que ocorre de 17 a 28 de maio, na França. A iniciativa é uma ação conjunta da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, a InvestSP e Secretaria de Relações Internacionais do Governo de São Paulo.

Governo de SP levará 10 empresas para o Festival de Cinema de Cannes – Z1  Portal – Melhores Notícias Online

Ao todo, dez empresas paulistas do setor cinematográfico participarão do Marché du Film no Festival de Cannes, em um Stand exclusivo em parceria com o Cinema Brasil. Elas foram selecionadas entre as 122 inscritas. O evento é a segunda missão do programa CreativeSP e a única dedicada exclusivamente ao setor audiovisual. A primeira foi para o South by Southwest 2022 (SXSW). Ainda haverá outras sete missões para eventos dedicados a diferentes áreas da economia criativa.

A ideia é fortalecer e promover o setor de economia criativa, que no estado de São Paulo reúne 150 mil empresas, movimenta US$ 20 bilhões por ano e gera 1,5 milhão de empregos. A ação vai destinar R$ 5,5 milhões para um total de nove missões para eventos setoriais estratégicos internacionais ao longo de 2022, com 10 empresas e instituições cada uma. As missões já selecionadas pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa envolvem eventos de entretenimento, tecnologia, cinema, games, artes cênicas, música, literatura, artes visuais e design na América do Norte e na Europa. Já estão programadas as viagens para a COMIC-CON International, em julho (San Diego, EUA), o Fringe, em agosto (Edimburgo, Escócia), o Gamescom, em agosto (Colônia, Alemanha), o C2 Montreal, em setembro (Montreal, Canadá), o WebSummit, em novembro (Lisboa, Portugal), e o Miami Basel, em dezembro (Miami, EUA).

Os participantes poderão ter um reembolso de até US$ 3 mil em despesas elegíveis e acesso a ações de capacitação e consultoria. De acordo com o programa, as empresas e instituições participantes arcarão com 50% dos custos das viagens e poderão contar com assessoria e monitoramento de resultados, além de acompanhamento pós-eventos.

As empresas que integram a missão de São Paulo para o Festival de Cinema de Cannes são:

– Estúdio Admoni Design Ltda.;

– Aventuras Produções e Edições Educativas Ltda.;

– Biônica Filmes;

– Coração da Selva Transmídia AS;

– Dezenove Som e Imagens Produções Ltda.;

– Maria Farinha Filmes e Produções Ltda.;

– Mostra Internacional de Cinema em São Paulo / Mostra de Cinema Cultura e Eventos Ltda.;

-Resistência TV;

– RTRG2019 Produções Artísticas Ltda. (RT Features);

– Ventre Studio.

Economia Criativa

Um dos destaques do Festival fica por conta do Marché du Film (Mercado do Filme), espaço no qual produtores, distribuidores e investidores do mundo todo se encontram para negociar. Uma parceria exclusiva para o programa Cinema do Brasil com um estande que será palco do SP Day, um evento para mostrar o potencial, as características e a diversidade de São Paulo na área da economia criativa e apresentar oportunidades de negócio. Em 2019, o Marché du Film reuniu 12,5 mil participantes de 121 países, mais de 5,5 mil empresas e cerca de 4 mil filmes e projetos.

Além da possibilidade do fechamento de novos negócios, duas das empresas selecionadas pelo CreativeSP ainda concorrerão a prêmios. Destaque para a RT Features, que é uma das produtoras do longa-metragem Armageddon Time, com Anthony Hopkins e Anne Hathaway, que disputa o título de melhor filme na categoria principal, a Palma de Ouro, além de prêmios para atores e atrizes.

Já o Estúdio Admoni está na disputa em outra categoria, a Cannes XR Veer Future Awards, com o curta-metragem Lavrynthos, uma animação em realidade virtual que narra a relação de uma garota, Cora, e um Minotauro, que se encontram em um labirinto.

Primeira missão 

A primeira missão do CreativeSP/Programa de internacionalização da economia criativa do Governo de São Paulo levou para a SXSW representantes de 10 empresas paulistas do setor: Amplifica (produtora musical), Barbatuques (música corporal), Claraluz (audiovisual), DançarMarketing (marketing cultural), Elo (audiovisual), Estúdio Bijari (arte, design e tecnologia), Lemme Content (comunicação de marketing), O2 (distribuição cinematográfica), Phonogram.me (marketplace de NFTs musicais) e Rito (experiências imersivas). Elas foram selecionadas entre 152 inscritos e passaram por um processo de capacitação e consultoria. A expectativa das empresas é que a participação delas no SXSW gere cerca US$ 1.065 milhão em negócios no período de um ano.

Como participar

Pelo regulamento, empresas e instituições interessadas, de qualquer porte, devem ter sede em São Paulo e precisam apresentar um histórico da organização e do representante que participará da missão, um texto sobre o objetivo e como a missão pode contribuir para as atividades da organização. Além disso, será exigido um texto sobre a estratégia internacional e as metas que querem atingir na área.

Se mais de dez empresas tiverem interesse em alguma missão específica, uma comissão do Governo de São Paulo fará a avaliação de acordo com os textos encaminhados. Para se inscrever na próxima missão, acesse https://www.investe.sp.gov.br/exporte/creative-sp/.

  

Comentários