Governo do Estado libera R$ 16,1 milhões para a RMC

Governador Márcio França assina convênios para obras em 365 cidades. Na Região Metropolitana de Campinas, 6 prefeituras receberão R$ 16,1 mi

O governador Márcio França assinou na quinta-feira, 28 de junho, convênios com 365 municípios das 16 regiões administrativas do Estado. Foram liberados mais de R$ 388 milhões para execução de obras de infraestrutura urbana, turismo, saneamento, esporte, assistência social e tecnologia. Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), 6 cidades receberão, no total, R$ 16,1 milhões.

Os convênios vão destinar R$ 15,6 milhões às prefeituras de Holambra, Indaiatuba, Morungaba, Santa Bárbara D’Oeste e Valinhos para obras de infraestrutura urbana. Na área de turismo, Holambra receberá R$ 300 mil para construção de duas praças. O Governo do Estado ainda destinará R$ 200 mil para a administração municipal de Jaguariúna construir uma quadra esportiva.

Infraestrutura urbana

Parte dos recursos liberados é destinada ao recapeamento asfáltico e pavimentação de ruas e avenida. Na RMC foram contempladas Holambra (R$ 4 milhões), Indaiatuba (R$ 4 milhões), Santa Bárbara D’Oeste (R$ 4 milhões), Valinhos (R$ 3 milhões) e Morungaba (R$ 600 mil).

Os repasses voltados à infraestrutura urbana também beneficiaram municípios da Região Administrativa de Campinas: Águas da Prata (R$ 400 mil), Analândia (R$ 200 mil), Caconde (R$ 600 mil), Iracemópolis (R$ 600 mil), Itirapina (R$ 600 mil), Jarinu (R$ 600 mil), Leme (R$ 1 milhão), Pinhalzinho (R$ 600 mil), Pirassununga (R$ 2 milhões), São João da Boa Vista (R$ 2 milhões), Torrinha (R$ 400 mil) e Tuiuti (R$ 400 mil).

Turismo

Na RCM, os convênios liberados pelo Governo do Estado voltados ao desenvolvimento do turismo beneficiaram a Prefeitura de Holambra, que receberá R$ 300 mil para a construção da Praças das Margaridas e da Praça Sistema de Lazer do Nova Holanda.

O governador Márcio França também fez a certificação de Itatiba, Piracaia, Cubatão e São José do Rio Pardo como Municípios de Interesse Turístico (MITs). A partir de agora, as cidades poderão receber verbas anuais de até R$ 600 mil para realizar obras de infraestrutura turística, por meio de convênios com a Secretaria de Estado de Turismo.

Esporte

A Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado fará a transferência de recursos a 84 cidades. Uma delas é Jaguariúna, na RMC, que vai receber R$ 200 mil para a construção de uma quadra de futebol society.

Os repasses da pasta ainda vão beneficiar cidades da Região Administrativa de Campinas: Águas de Lindoia com R$ 99 mil para construir uma pista de skate; Brotas com R$ 221 mil para um campo de futebol society e uma academia ao ar livre; e Torrinha com R$ 25 mil para duas academias ao ar livre.

Sutaco

O governador Márcio França também assinou o Termo de Convênio com os Municípios Paulistas, não oneroso, por meio da Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco), que vai disponibilizar às cidades todos os instrumentos de divulgação para fomentar o artesanato paulista. Na RMC, serão beneficiadas as prefeituras de Americana, Campinas, Morungaba, Nova Odessa, Pedreira, Valinhos e Vinhedo.

O que vem por aí

Univesp

Uma das metas do Governo é universalizar o ensino superior por meio da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). “Até o fim do ano, chegaremos a mais de 50 mil vagas para que todos os alunos que saem da rede pública de ensino tenham acesso à Univesp, que oferece aulas a distância com professores da USP, Unesp, Unicamp e Fatec. Ou seja, um padrão de excelência ao alcance de todos”, pontua o governador. No ano passado, a Univesp oferecia 3 mil vagas. Agora, já são mais de 35 mil. A RMC tem 49 polos em 49 cidades.

Alistamento

Outra ação é o programa de alistamento civil voluntário, que pretende engajar 100 mil jovens, entre 16 e 18 anos, em atividades de interesse social, como ações comunitárias e de orientação ao cidadão. Os participantes serão selecionados em bairros socialmente vulneráveis e receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 500,00 mensais, mediante a comprovação de frequência no Ensino Médio. Os selecionados também frequentarão cursos de Qualificação Profissional e Formação Cidadã, com noções de Direito e Cidadania, Ética e Empreendedorismo.

O programa será implantado inicialmente em 16 municípios, um em cada região administrativa do Estado. Essas cidades foram escolhidas levando-se em conta indicadores sociais, como renda per capita baixa e altos índices de criminalidade entre os jovens. Uma delas é Sumaré, na RMC.

Macroanel

O projeto do Macroanel de São Paulo prevê a criação de um cinturão ao redor do Rodoanel, interligando as cidades do interior ao litoral. O novo acesso que terá, ao todo, 600 km, vai interligar sete rodovias, com a duplicação de 340 km, além da construção de 24 km, beneficiando todo o Estado.

O novo arco, mais distante da Capital, atravessará cidades importantes como Sorocaba, Campinas, Atibaia, Jacareí, Mogi das Cruzes, Bertioga, Santos e demais cidades do Litoral Sul. O Macroanel facilitará ainda o acesso a dois importantes polos de transporte: o Porto de Santos e o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

 


Comentários