Holambra recebe 110 doses da vacina de Oxford e avança em campanha de imunização

Holambra começou a vacinar nesta quarta-feira, dia 27 de janeiro, seguindo critérios do Plano Nacional de Imunização, pessoas com mais de 60 anos que vivem na única Casa de Repouso da cidade, localizada no Centro Social Holandês. Elas receberam o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica britânica AstraZeneca, que chegou na terças-feira ao município.

Os 110 frascos da vacina disponibilizadas neste primeiro lote também contemplarão, em sua totalidade, funcionários da área da saúde das redes particular e pública que atuam diretamente no atendimento de pacientes com sintomas respiratórios ou com confirmação de COVID-19.

“Inicialmente, 17 idosos receberão as doses, uma vez que o Plano Nacional prevê a vacinação, neste momento, apenas de pessoas que vivem em instituições de longa permanência. Os que residem nas casas que fazem parte do Centro Social serão vacinados em fases posteriores, conforme cronograma de idade”, explicou Valmir Marcelo Iglecias, diretor municipal de Saúde. “O controle de todo o processo de imunização está sendo rígido, documentado e segue protocolos oficiais”, esclareceu.

Na última quinta-feira, dia 21 de janeiro, Holambra deu início à vacinação contra a COVID-19 ao receber 134 doses do imunizante Coronavac, produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A clínica geral Karen Furlan, que atua no PSF Imigrantes, foi a primeira a receber a dose no município. 204 pessoas foram vacinadas, desde então, até o meio dia de hoje.

  

Comentários