Hospital Municipal fecha julho com 64 cirurgias oncológicas

Hospital Municipal Dr. Tabajara Ramos realizou no mês de julho um total de 64 procedimentos cirúrgicos. Por conta da pandemia da Covid-19, as cirurgias estão sendo feitas na Santa Casa, mas os procedimentos são feitos pelos médicos do HM.

“Nosso centro cirúrgico está sendo utilizado como leitos de UTI, por isso, foi feito um convênio para utilizar o centro cirúrgico da Santa Casa, mas os médicos são nossos da oncologia. O trabalho não parou e temos atendido todas as emergências”, comentou Gildo Martinho de Araújo, superintendente do Hospital Municipal.

O Hospital Municipal de Mogi Guaçu é referência para atendimento aos pacientes graves suspeitos ou confirmados com a Covid-19, entretanto, é credenciado junto ao Ministério da Saúde como UNACON (Unidade de Alta Complexidade em Oncologia). Durante a pandemia, os atendimentos oncológicos, como consultas e quimioterapias, não foram interrompidos, assim como os procedimentos cirúrgicos oncológicos.

Os pacientes atendidos pelo setor de oncologia são de Mogi Guaçu e das cidades vizinhas abrangidas pelo DRS (Departamento Regional de Saúde). São cirurgias eletivas agendadas. Em média, 40 procedimentos são realizados todos os meses, sendo em julho 64 procedimentos

  

Comentários