Itapira registra a primeira prisão por maus tratos de animal

O delegado de polícia Anderson Cassimiro de Lima fez a primeira autuação em flagrante em Itapira, nesta terça-feira, 3, por maus tratos de animal. Uma cadela de apenas quatro meses foi resgatada em um imóvel, em meio a entulho, onde passava fome e sede.

A ocorrência foi registrada em uma casa da rua Emílio Ribas, na Vila Boa Esperança. A Patrulha Ambiental de Itapira recebeu denúncia que havia um animal em situação de vulnerabilidade vivendo em meio a entulho.

A equipe comandada por Rogério Oliveira verificou a situação. Com auxílio da Guarda Civil Municipal, com trabalho das GCMs Paula e Anita, foi verificada a condição degradante do animal. Havia muita sujeira dentro do quintal da casa.

O morador de 38 anos inicialmente se mostrou incomodado com a operação, mas depois acabou sendo levado para a Delegacia de Polícia e autuado em flagrante por maus tratos de animal.

O crime de maus tratos pode ocasionar em prisão por regime fechado de dois a cinco anos, além do pagamento de multa, conforme a nova lei sancionada neste ano pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

O animal foi levado para a Clínica Xodó e recebeu todos os cuidados pela equipe do veterinário Rodrigo Luiz Domingues.

  

Comentários