fbpx

NAOTT celebra 20 anos de atividades em Holambra

O Núcleo de Atenção e Orientação Terapêutica ao Trabalho, o NAOTT, comemorou nesta quarta-feira 20 anos de atividades. A celebração reuniu assistidos e seus familiares, profissionais que integram a equipe multidisciplinar, voluntários e gestores públicos. O projeto assistencial, mantido com recursos da Prefeitura e a colaboração de empresários e moradores, oferece atendimento psicossocial para pessoas com deficiência, preparo dos participantes para o mercado de trabalho e realização de atividades remuneradas dentro da própria instituição.

Algumas das atividades realizadas no Núcleo puderam ser conferidas durante a festividade. A celebração contou também com apresentações de um grupo de ginástica formado por alunos do Colégio Objetivo de Cosmópolis e de escolas públicas desta cidade e da região. Integrantes da Orquestra de Viola Caipira de Holambra, em ritmo de “modão”, marcaram presença durante o ‘Parabéns’.

O produtor de flores Johannes Palmen participou do evento comemorativo ao lado da família. O filho dele frequenta o NAOTT há cerca de 3 anos. “É um complemento da família. É um lugar seguro onde a gente pode deixar a criança e onde ele tem o desenvolvimento lúdico e de aprendizado”, explicou. “É um lugar de apoio. Essencial para a família”.

Lucimara Felizatte também tem um filho na instituição. Enzo, de 17 anos, frequenta o Núcleo desde que veio morar em Holambra, há 2 anos. “Ele adora. Tem tudo o que ele precisa aqui”, disse a artesã, que também conferiu de perto o evento. Ela comentou a importância da atividade remunerada exercida dentro da instituição. “Ele está fazendo atividades que nunca antes ele fez”, falou. “Ele recebe, vem com o cheque todo feliz. Quando eu compro alguma coisa para ele, eu falo: Enzo, esse foi do seu trabalho”.

Atualmente os 30 frequentadores do Núcleo têm assistência de psicólogo e de terapeuta ocupacional, atendimento odontológico, aulas de reforço pedagógico, de dança circular, jiu-jitsu, música, artes e viola caipira. Além disso produzem em uma horta alimentos que são consumidos em refeições oferecidas pela Prefeitura.

“É um projeto que fizemos questão de dar continuidade. Temos muito orgulho do trabalho que é desenvolvido aqui. Acompanhamos estes homens, mulheres, meninos e meninas e percebemos o quanto eles estão se desenvolvendo. Aprendemos muito com eles”, ressaltou o prefeito Fernando Fiori de Godoy, que participou da celebração ao lado do vice-prefeito Fernando Capato e da diretora municipal de Promoção Social, Viviane Furgeri, mãe de uma das assistidas pelo projeto. “Vê-los fazendo parte da sociedade, sendo cidadãos, nos dá muito orgulho. Que venham vários anos pela frente e muitas outras conquistas”.

Na instituição há 16 anos, a coordenadora do NAOTT Nadir Marques da Silva ressaltou a importância do trabalho desenvolvido no Núcleo. “A gente vê que o projeto não se perde. Tem um começo, meio e fim”, explicou. “O começo é acolher, o meio é tratá-los e o fim é o começo para eles… se inicia uma nova vida”.

  

Comentários