TEICH DEIXA O MINISTÉRIO DA SAÚDE MENOS DE UM MÊS APÓS SUA POSSE

O general Eduardo Pazuello assumiu a pasta do Ministério da Saúde como ministro interino, na manhã desta sexta feira, 15, após demissão de Nelson Teich. O nome do militar já estava entre os cotados para a substituição de Teich, que já vinha acumulando atritos com o presidente há dias.

General Pazuello é considero o número 2 do ministério, o secretario executivo foi indicado pelo Presidente Jair Messias Bolsonaro.

A saída do ministro acontece um mês após ele substituir Luiz Henrique Mandetta, e sua saída já vinha sendo cogitada. Como Mandetta, Teich defendeu publicamente posições contrarias às do presidente.

Em uma das posições o ex- ministro afirmava que o distanciamento social deveria ser uma medida de combate à pandemia do coronavírus, uma vez que o presidente defende que apenas as pessoas do grupo de risco fiquem em isolamento.

O outro ponto é o uso da Cloroquina. Teich publicou em rede social que o uso da Cloroquina no tratamento contra o Covid-19 deve ser feita com restrições, uma vez que a substância pode desenvolver efeitos colaterais.

  

Comentários