Obras nas estradas que ligam a Região Bragantina e o Circuito para Amparo serão finalizadas

O Prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob acompanhou na manhã de terça-feira, dia 27 de junho, a assinatura de um pacote de obras que finalizarão as melhorias das estradas que ligam Pedreira e Tuiuti a Amparo. As obras fazem parte de um amplo pacote de obras que resultará no investimento de R$ 361,7 milhões em rodovias de São Paulo. A iniciativa abrange 51 municípios e 23 estradas paulistas, com benefícios a 5,3 milhões de habitantes.

O governador Geraldo Alckmin recebeu representantes das cidades contempladas no Palácio dos Bandeirantes e ressaltou a importância das intervenções destacando: “São Paulo e o Brasil precisam de investimentos. O conjunto de melhorias nas estradas gerará 1.360 empregos diretos. Na cadeia produtiva, a iniciativa tem mais vagas indiretas. A logística ativa a economia, estimula o turismo, aperfeiçoa o escoamento da indústria e agricultura, além de reduzir custos e acidentes”.

Para o Prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob “Amparo tem sido beneficiada com melhorias na logística, graças ao Governador Geraldo Alckmin. Isso nos dá credibilidade para buscarmos novas empresas para a geração de empregos, seja na Indústria, ou no Turismo. Nosso amigo e deputado Barros Munhoz levou esse pleito ao Governador Alckmin mostrando-lhe a necessidade da região e a importância de realizar tais obras com a máxima urgência. E, mais uma vez, foi atendido pelo nosso Governador”. E finalizou: “Sem dúvida, é mais um grande benefício para a população de Amparo e mais segurança para aqueles que trafegam pelas estradas que receberão melhorias”.

Com a assinatura do Governador autorizando esse pacote de obras Amparo será beneficiada com a retomada dos serviços na rodovia João Beira (SP 95) que liga Amparo x Pedreira; Pedreira x Jaguariúna; SP 95 que liga Amparo a Tuiuti; SP 360 que liga Amparo x Serra Negra x Lindoia e Águas de Lindóia (até divisa com Monte Sião/MG) e, a Conserva Especial 352 que liga Amparo a Itapira.

Os editais serão publicados ainda na primeira quinzena de julho. A expectativa do DER é que esta retomada seja consolidada ainda em 2017. Todo recurso aplicado no conjunto de intervenções virá da arrecadação do Estado.

Matéria: Moisés de Camargo

  

Comentários