Orquestra de Choro Campineira faz apresentação gratuita em Holambra

A Orquestra de Choro Campineira faz nesse domingo, dia 24 de setembro, apresentação gratuita em Holambra, aberta a toda a população. O concerto, uma homenagem ao compositor campineiro Laércio de Freitas, acontece na Praça dos Pioneiros a partir das 20h. No repertório, uma releitura original da obra de Laércio como “Camundongas” e “Aquelas Horas no Sumaré”.

O projeto, trazido à cidade pela Prefeitura, oferecerá também ao público interessado um workshop de pandeiro brasileiro com o músico Adriel Job, integrante do grupo, às 18h, no mesmo dia e local. A oficina é um apanhado das linguagens populares brasileiras a partir do pandeiro.

“Nós abordamos o desenvolvimento desse instrumento em todas as regiões do Brasil e quem participar vai aprender técnicas, conhecer um pouco da história e fazer música”, explica Job. “Ela serve não só para o músico profissional, os curiosos por cultura popular também têm acesso a toda essa informação e aprendizado. E para completar, temos a apresentação em homenagem a Laércio de Freitas. Será um grande dia musical de acesso para todos”.

Para o prefeito Fernando Fiori de Godoy, as atividades representam uma excelente alternativa de lazer e acesso à cultura. “Sabemos da qualidade da Orquestra de Choro Campineira e estamos muito felizes de poder oferecer aos holambrenses atrações artísticas gratuitas e desse porte”, disse. “Esperamos que a comunidade siga abraçando os eventos locais e aproveitando as boas oportunidades que estamos buscando proporcionar”.

A orquestra é composta por nove músicos e teve início em agosto de 2014, reunindo notáveis nomes da música instrumental feita na cidade de Campinas. São eles: Esther Alves de Araújo (flauta), Edmar Pereira (sax), Klesley Brandão (trompete), Ramon Del Pino (baixo), Gustavo de Medeiros (guitarra), Eduardo Pereira (cavaco e bandolim), Eduardo Guimarães (sanfona), Adriel Job (pandeiro) e João Casimiro (bateria).

A apresentação faz parte do projeto “Orquestra de Choro Campineira visita Laércio de Freitas” e conta com a realização e patrocínio do ProAC Edital. O objetivo principal do projeto é o enriquecimento da música instrumental brasileira no interior do estado de São Paulo, sendo disseminada aos mais variados públicos de forma acessível.

Ao longo das apresentações será gravado um CD com as canções executadas ao longo da realização do projeto, contando com a participação especial do próprio Laércio de Freitas.

Mais sobre Laércio de Freitas
Laércio de Freitas é pianista natural de Campinas. Durante sua carreira gravou apenas três discos e atuou como arranjador de músicas importantes para a cena musical brasileira. No disco “Quem é Quem”, de João Donato, considerado um dos cem melhores discos do Brasil pela revista Rolling Stones, Laércio arranjou duas músicas: “Terremoto”, e “The frog” – esta, mais adiante conhecida como “A rã”, ganhou letra e foi gravada por Caetano Veloso.

Além disso, o músico campineiro participou como arranjador do disco Elza Soares, de 1973; e de outras músicas que compõem os discos: “Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e Banda Mantiqueira”, “Eu não peço desculpa” de Caetano e Jorge Mautner, “Clara Nunes 1973” e “Claridade” de Clara Nunes, assim como de outros arranjos em discos de Wilson Simonal e Jair Rodrigues.

Serviço
Local: Praça dos Pioneiros

Endereço: Alameda Mauricio de Nassau s/n – Holambra

Data: 24 de setembro

Horário: Oficina de pandeiro às 18h e apresentação às 20h

Entrada gratuita

Observação: Em caso de chuva, o evento será transferido para a varanda da Biblioteca Municipal, na Rua Solidagos, 42.

  

Comentários