Orquestra de Violeiros presta homenagem a Antonio Anghinoni

A Orquestra de Violeiros de Pedreira perdeu esta semana um membro muito querido: Antonio Anghinoni, que há anos integrava, como percussionista, a Instituição. O músico faleceu no domingo, dia 29 de novembro,aos 70 anos de idade. O corpo foi velado no Velório Municipal e sepultado no Cemitério Santa Cruz, de Pedreira, no final do mesmo dia.

Diversas homenagens foram feitas a ele durante o Velório, que teve a presença de integrantes da Orquestra, autoridades, familiares e amigos. Toninho Anghinoni, durante seus 70 anos espalhou alegria em forma de música. Na Banda, na Orquestra, sempre atuava com muita dedicação. Ele que com sua musicalidade mostrou e soube, como poucos, tocar do jeito bem raiz, cultuando e elevando a verdadeira música brasileira.

A Orquestra de Violeiros de Pedreira não se esquecerá de seu integrante. Tanto que em sua apresentação deste domingo, 6 de dezembro, na Missa Festiva de Entre Montes, fará a sua homenagem ao músico. Nas centenas de apresentação, registraram-se a alegria e muita gente saia feliz e cantarolando as canções, pois cada um tinha sido tocado pela emoção profunda, aquela que mexe com o coração. E desta vez, não será diferente, relatou o regente Cláudio Luis Cassiani.

“Seu trabalho e sua memória permanecerão em cada um de nós. Sua alma de músico se somava ao repertório executado nas mais diferentes apresentações da Orquestra. Sua marca ficará gravada. Estivemos juntos em muitas ocasiões, lutando pelos mesmos sonhos, que felizmente alcançamos”, concluiu Claudinho Cassiani.

 


Comentários