Pela primeira vez em 26 anos, Hospital Municipal de Jaguariúna ganha leitos de UTI

O Hospital Municipal Walter Ferrari, em Jaguariúna, recebeu nesta semana a habilitação de seis leitos de UTI. É a primeira vez na história do hospital, fundado em 1994 e com 100% de atendimento SUS, passa a contar com as unidades de terapia intensiva, essenciais para a reabilitação de pacientes com problemas graves de saúde, como as síndromes respiratórias e outras complicações provocadas pela Covid-19.

A UTI é uma unidade hospitalar para pacientes que necessitam de cuidados intensivos por uma equipe especializada composta por profissionais de diferentes áreas, como médicos intensivistas, enfermeiros, fisioterapeutas e técnicos de enfermagem. Os leitos são equipados com respiradores, monitores, máscaras faciais, entre outros equipamentos.

“Nosso hospital possuía três leitos intermediários de estabilização de pacientes até que uma vaga em UTI fosse liberada. Mas agora, com a habilitação pelo Ministério da Saúde desses seis leitos, conseguimos dobrar nossa capacidade de atendimento a pacientes graves e pela primeira vez na história o hospital conta com leitos de UTI de fato”, disse a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

Segundo a secretária, uma área está sendo reservada e adequada dentro do hospital para a instalação de mais 13 leitos de UTI, caso haja necessidade. Os seis leitos habilitados já estão em operação. O hospital municipal também possui outros 78 leitos clínicos.

 

Foto: Ivair Oliveira

  

Comentários