fbpx

Polícia fecha bingo clandestino na zona norte

A Polícia Civil de Mogi Mirim fechou na terça-feira, 21, um bingo clandestino que funcionava em uma residência no bairro Flamboyant, zona norte, após trabalho de investigação e de informações anônimas.

No momento em que chegaram, o local estava vazio e foram encontradas 18 máquinas caça-níqueis utilizadas por frequentadores ainda não identificados.

Denúncias sobre o funcionamento do bingo no local também foram feitas à Polícia Militar e à DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Mogi Guaçu.

A residência é toda cercada por muros e na frente existe um portão de ferro, o que dificultava a visualização do seu interior.

A casa, inclusive, possui uma placa de ‘vende-se’, provavelmente para tentar despistar as ações clandestinas que aconteciam já há algum tempo.

Contava também com duas câmeras de monitoramento para a identificação de quem passasse ou chegasse ao local.

Os policiais checaram junto à imobiliária que constava na placa qual a situação do imóvel e descobriram que ele havia sido alugado, mas como ao chegar à residência o portão estava apenas encostado, entraram, mas não havia ninguém. Todas as máquinas estavam desligadas quando a polícia chegou.

Também foi apreendido um caderno com anotações que, segundo a polícia, servia para se fazer a contabilidade e o controle dos jogos.

Os delegados Luiz Roberto Janini Ortiz e Paulo Agostinete foram ao local acompanhar o trabalho da Polícia Civil e da Perícia Técnica, que recolheram as placas com as memórias dos computadores e equipamentos utilizados para o jogo clandestino.

Ainda de acordo com a polícia, uma pessoa que reside na Vila Dias, zona leste de Mogi Mirim, compareceu à Delegacia Central e se apresentou como locatário do imóvel, confirmando inclusive, que a residência era utilizada para abrigar um bingo clandestino e que todos os equipamentos pertencem a uma pessoa de São Paulo. Ele foi enquadrado por contravenção penal e ficará à disposição da Justiça enquanto o inquérito não for concluído.

  

Comentários