Prefeitos e Secretários do Circuito das Águas Paulista se reúnem para discutir e propor medidas para conter o avanço de uma nova onda da Covid-19 na região

Reunião realizada de forma virtual nesta quinta-feira, 06/01, entre os prefeitos do Consórcio do Polo Turístico do Circuito das Águas Paulista, colocou em debate medidas em conjunto para evitar a disseminação da Covid-19, que teve aumento significativo de casos nos últimos dias.

Na ocasião, que contou com a participação dos gestores de Turismo e de Saúde dessas cidades, foi unânime a necessidade de se reforçar as exigências em relação à vacinação, a principal responsável pelo baixo número de casos graves da doença.

Os municípios também veem como fundamental a promoção de campanha reforçando o uso de máscaras, álcool em gel e a não promoção de aglomerações. Nesse sentido, o consórcio retoma, a partir desta sexta-feira, a divulgação do número de casos da doença no Circuito das Águas Paulista e de outros informativos, a fim de conscientizar a população e seus visitantes de que a pandemia ainda não acabou.

Cada cidade possui suas características e, dentro de seu perfil, deve buscar ações que reforcem os protocolos sanitários, alinhado do Turismo Seguro, protegendo a saúde de quem está trabalhando e de quem visita a região. Os municípios ampliarão a fiscalização e monitoramento em caso de descumprimento dos protocolos sanitários vigentes. Desta forma, há necessidade do comprometimento coletivo para controle da doença e retomada plena das atividades.

Desde o início da pandemia, o Circuito das Águas adota uma postura consciente e a busca por soluções integradas pelo bem estar de sua população e respeito aos empreendimentos turísticos. Exemplo disso foi o cancelamento do Carnaval de Rua nas nove cidades consorciadas, anunciado no dia 30 de novembro de 2021. Uma decisão que se provou adequada, considerando que capitais e outras regiões estão adotando medidas semelhantes nessa primeira semana de 2022.

O Circuito das Águas Paulista é formado por Águas de Lindoia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro e manifesta seu apoio à vacinação e ao cumprimento dos protocolos sanitários.

  

Comentários