Prefeitura dá parecer sobre falta de água em Santo Antônio de Posse

Na segunda-feira, dia 11 de setembro, a Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Posse por meio de rede social, publicou uma nota informativa dando parecer mediante os problemas que tem ocasionado à falta de água no município. Desde o ano passado a população tem sofrido recorrentemente com o problema, ocasionando uma série de reclamações principalmente nas redes sociais.

Segundo a nota, o SAAEP – Serviço Autônomo de Água e Esgoto Possense informou que os problemas da falta de água têm ocorrido com frequência devido ao desgaste das estruturas que fornecem água, como adutoras e tubulações.

O abastecimento do município é feito por meio de três adutoras que captam a água dos córregos do Benfica e do Barreiro, com cerca de 2 km de extensão cada uma. As duas adutoras do Benfica tem 52 e 36 anos de uso cada uma e a adutora do Barreiro já tem cerca de 25 anos.

Como as redes são interligadas não há como fechar determinados pontos para fazer a manutenção, por isso toda cidade acaba sofrendo com a falta de água. Segundo a autarquia, o tempo médio de reparo dessas adutoras são entre 4 a 5 horas, ocasionando o não bombeamento da água para a estação de tratamento e consequentemente gerando a falta de água.

Como alternativa para solucionar esses problemas, parte da adutora do Barreiro de 600 metros está sendo substituída com a troca de tudo de PVC, por tubo de ferro fundido e deverá ser concluída até o final de outubro, com investimentos de cerca de R$ 300.000,00. Outra medida será a substituição das adutoras do Benfica por uma nova adutora com o dobro de capacidade.

Ainda segundo a autarquia, para realizar essas medidas é importante que os contribuintes mantenham a fatura de água em dia, pois o índice de inadimplência chega a quase 40%, o que diminui drasticamente a arrecadação e consequentemente a capacidade de investimentos.

  

Comentários