Prefeitura intensifica coleta de entulhos e pintura de sinalização de solo

O serviço de limpeza das ruas e terrenos baldios, assim como dos logradouros públicos de Jaguariúna, não tem parada. Diariamente, equipes da Secretaria de Obras saem a campo para realizar a tarefa de recolher o lixo e todo tipo de sujeira jogados em locais inadequados. De acordo com o chefe de Divisão no Departamento de Obras da Prefeitura, Vagner Borges da Silva, trabalho é o que não falta.

“Nosso rotina inclui a passagens pelos bairros já visitados a cada 15 dias, pois sempre há o que recolher”, explica Vagner, que acompanhava o trabalho das equipes de campo em três bairros visitados na última segunda-feira, dia 20: Florianópolis, Capela Santo Antônio e Jardim Pinheiros. Em todos, as equipes recolhem praticamente todo tipo de lixo, como parte da operação cata-bagulhos, e também entulhos e restos de materiais de construção.

“Na duas primeiras passagens por esses três bairros, logo nas primeiras semanas do ano, coletamos cerca de 20 caminhões com muita sujeira, pois havia um acúmulo grande de materiais dos mais diversos tipos, incluindo sofás velhos e muita coisa descartada. Graças a esse trabalho ouve uma redução considerável e essa tendência deve se manter”, acredita Vagner.

Sinalização

Outro serviço que a prefeitura de Jaguariúna continua executando a todo vapor é o de pintura da sinalização horizontal de solo. Essa medida busca recuperar as sinalizações de “Pare” nos cruzamentos, as faixas ‘zebradas’ para travessia de pedestres e também as demarcações de solo que orientam os motoristas quanto aos locais de parada liberados e aqueles proibidos.

Essa tarefa vem sendo executada pelas equipes do Departamento de Trânsito e Transportes (Detransp) e vai cobrir toda a área urbana da cidade, com atenção especial para as áreas próximas às escolas, unidades de saúde, praças e parques públicos. De acordo com a Prefeitura de Jaguariúna, esse trabalho é permanente e faz parte das melhorias no serviço de manutenção da cidade.

Matéria: ASCOM/Fotos: Ivair Oliveira 

  

Comentários