Prefeitura leva cursos gratuitos da Escola das Artes aos moradores dos residenciais Jaguariúna I e II

Descentralização, para dar oportunidade a todos que tenham interesse em fazer um dos cursos gratuitos disponíveis na Escola das Artes de Jaguariúna. Com esse objetivo, na semana de 6 a 10 de agosto uma equipe da Secretaria de Turismo e Cultura (Setuc) esteve nos conjuntos residenciais Jaguariúna I e II e realizou 100 novas matrículas, divididas entre os cursos de dança de rua, teatro, artesanato, violão, balé e jazz.

De acordo com a secretária Maria das Graças Hansen Albaran dos Santos, com essas novas adesões a Escola das Artes atinge hoje exatas 3724 pessoas matriculadas e mais de 5 mil atendimentos. Os atendimentos são contabilizados à medida que uma pessoa matriculada, conforme sua disponibilidade, opta por fazer mais de um curso.

“Atendemos ao pedido feito pela comunidade do Jaguariúna I e II e temos a grata satisfação de constatar que moradores de todas as idades vêm aproveitando a oportunidade de poder fazer um curso gratuito, que se encaixe no dia e horário em que podem frequentar as aulas”, explica a titular da Setuc.

A estratégia de descentralizar as matrículas vem dando resultados animadores, segundo Maria das Graças, e teve início com o atendimento aos moradores do bairro Roseira de Cima, um dos mais antigos e populosos de Jaguariúna. A Escola das Artes, segundo ela, também atende frequentadores do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Para os moradores dos conjuntos Jaguariúna I e II, as primeiras aulas – de artesanato – tiveram início na última segunda-feira, dia 13, e são ministradas pelos professores da Escola das Artes no salão de eventos do próprio residencial. “Isso facilita bastante para os alunos, que não precisam se locomover para frequentar, pois vários deles acabam se inscrevendo em mais de um curso”, revela a secretária.

  

Comentários