fbpx

Prefeitura prepara pacote de ações de combate à dengue

A Prefeitura de Amparo está realizando diariamente o combate ao mosquito transmissor da dengue através de seus agentes de saúde, porém, no final deste mês irá intensificar o combate através de mutirões em bairros que já possuem casos confirmados da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde identificou através de um mapeamento as regiões com maior potencial de transmissão

A Secretaria Municipal de Saúde identificou através de um mapeamento as regiões com maior potencial de transmissão

A Secretaria Municipal de Saúde identificou através de um mapeamento as regiões com maior potencial de transmissão para iniciar ações pontuais junto à população, entre elas, o mutirão casa a casa e a conscientização de prevenção. A região do Planalto da Serra será a primeira a receber os agentes de saúde.

Entre as ações foi destacada a fiscalização em construções civis, terrenos públicos e privados e locais que armazenam materiais reciclados. Também haverá reuniões com empresas da cidade, comércio e entidades para ajudar na conscientização e combate do mosquito causador da doença. As ações serão integradas entre as Secretarias Municipais e o SAAE.

CASOS DE DENGUE
De acordo com o mapa da dengue divulgado esta semana pela Secretaria de Saúde, Amparo possui oito casos confirmados da doença, sendo cinco contraídos dentro do município e outros três importados.

O SAC, canal de comunicação entre a população e a Prefeitura de Amparo, que atende pelo fone 156, tem recebido diversos pedidos para que a Vigilância Epidemiológica faça nebulização noturna – conhecido como fumacê – como rotineiramente acontecia. Segundo a Secretaria de Saúde, através de uma determinação da SUCEM (Superintendência de Controle de Endemias) essa ação não é mais permitida em situações que não caracterizam-se uma epidemia (quando grande números de pessoas contraem a mesma doença).

Além de matar pernilongos e larvas, o produto elimina pequenos animais, inclusive filhotes de pássaros, e faz mal à saúde das pessoas também.

  

Comentários