Prefeitura registra melhora na geração de empregos em Jaguariúna

A geração de empregos teve uma ligeira melhora nos três primeiros meses do ano em Jaguariúna, conforme mostram os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), mecanismo utilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para monitorar a criação de vagas e as dispensas no mercado de trabalho em todo o país.

A geração de vagas na cidade abriu o ano em queda, pois em janeiro de 2017 foram feitas 1031 admissões, contra 1067 havidas em janeiro do ano passado. Já em fevereiro o mercado de trabalho apresentou uma ligeira melhora em Jaguariúna, registrando 30 contratações. Esse resultado veio das 1159 novas vagas geradas contra 1129 ocorridas no mesmo mês, em 2016.

Em contrapartida, março foi o mês mais positivo para Jaguariúna em termos de geração de empregos, registrando 1227 contratações neste ano contra 1053 em 2016. Portanto, a movimentação agregada das admissões registrou o preenchimento de 174 novas vagas. Nesses três meses, os números do Caged mostram que os setores mais ativos, ou seja, os que mais contrataram foram os de indústria de transformação, comércio e prestação de serviços, respectivamente.

Qualificação

Outra notícia animadora para a cidade vem de um levantamento feito pela Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), que destaca Jaguariúna em primeiro lugar quanto ao número de pessoas empregadas que possuem o ensino superior. De acordo com a pesquisa feita pela entidade, do total da mão de obra formada em Jaguariúna, 25,33% possuem graduação num curso superior, o que é de grande importância para as empresas que valorizam a qualificação.

Em comparação com os municípios vizinhos, Jaguariúna se destaca justamente porque os índices em municípios como Campinas (15,25%), Engenheiro Coelho (16,08%), Hortolândia (15,27%) e Vinhedo (14,48%) são menores. Em contrapartida, o percentual de pessoas com o segundo grau completo ou apenas curso técnico soma 42,45%.

Para os especialistas na área de RH, Jaguariúna tem muito a ganhar com esse perfil de sua mão de obra, pois também está localizada numa área geográfica de grande importância no Estado de São Paulo, que reúne ótimas rodovias e a facilidade de acesso ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

Matéria: ASCOM / Fotos: Divulgação

  

Comentários