Professores passam por treinamento no ‘Espaço Maker’

Espaço maker é formado por uma série de equipamentos, como impressora 3D, máquina de corte laser, máquina CNC, furadeira, serra tico-tico, ferramentas diversas e outros

A Prefeitura Municipal de Engenheiro Coelho, através da Secretaria Municipal de Educação, realizou nesta semana, entre os dias 21 e 22, um treinamento para a utilização do ‘Espaço Maker’, instalado no Centro de Ciência e Tecnologia ‘Marcia Schenk Janotti’, na Escola Odécio Forner.

Durante as aulas, ministradas pelo Professor Francisco Adeval de Lira, formado em Engenharia Eletrônica, pela Universidade de São Paulo (USP), os professores puderam descobrir diversas formas de interagir com o espaço, que está disponível para os alunos durante as aulas.
O secretário Municipal de Educação, Dr. Edvaldo José de Souza, destacou a importância da capacitação dos professores, que passarão esse aprendizado para os alunos. “As diferentes ferramentas, disponibilizadas no nosso Centro de Ciência e Tecnologia, que vão desde a robótica, passando pela experiência ‘maker’, atraem a atenção e o interesse dos alunos no tema de tecnologia, melhorando o desenvolvimento cognitivo dos alunos, e preparando para os desafios que serão enfrentados no futuro”, afirmou o secretário.
 

Para o prefeito, Dr. Zeedivaldo Alves de Miranda, o investimento na capacitação dos professores vai ajudar os alunos a serem inseridos no mundo digital. “Estamos investindo no presente, pensando no futuro dos estudantes, para que eles possam aprender hoje e usar no marcado de trabalho. Isso é de suma importância para criamos profissionais que pensam no mundo digital”.
Espaço Maker
O espaço maker é formado por uma série de equipamentos, como impressora 3D, máquina de corte laser, máquina CNC, furadeira, serra tico-tico, ferramentas diversas e outros. Esses recursos são utilizados para agilizar o serviço e viabilizar peças que possuem um certo grau de precisão, durante o processo de aprendizagem.
A metodologia de aprendizagem criativa, que passa a ser aplicada na escola, consiste na conexão de blocos eletrônicos para a criação de experiências que simulem a vida real. Tudo é feito a partir da linguagem de programação, elétrica, eletrônica e robótica.
  

Comentários