Radar Híbrido aumentará segurança na Avenida Emília Marchi Martini

A Secretaria de Obras e Viação (SOV) instalou um sistema de radar híbrido para coibir infrações de trânsito na Avenida Emília Marchi Martini, próximo do cruzamento com a Avenida dos Trabalhadores.

O equipamento será ativado em definitivo dentro de 15 a 30 dias, após aferição e certificação pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), já solicitado.

É o segundo radar híbrido instalado em Mogi Guaçu. O primeiro funciona na Rua XV de Novembro, no acesso à Praça Cândido Rondon, o Jardim Velho, no centro. Ambos são equipados com câmeras fotográficas.

O sistema é capaz de detectar excesso de velocidade, avanço de sinal vermelho e parada sobre a faixa de pedestres, além da conversão proibida no semáforo. Os infratores estarão sujeitos a multas, pontuação e até suspensão da CNH.

Outra medida adotada pela SOV, tão logo o radar entre em operação, será reduzir o limite de velocidade máxima de 60 para 40 quilômetros por hora nos dois sentidos daquele trecho da Emília Marchi Martini.

A avenida, que dá acesso à zona Leste da cidade, foi totalmente recapeada em 2016, recebeu nova iluminação, pista de caminhada e faixas elevadas para pedestres em diversos pontos.

O objetivo de instalar o radar ali é aumentar a segurança para os pedestres. “A prioridade é proteger o pedestre. Muitos condutores sobem e descem a avenida em alta velocidade. Já verificamos abuso de até 100 quilômetros por hora”, explica Salvador Franceli.

Matéria: ASCOM

  

Comentários