Radares e lombadas eletrônicas entram em operação neste sábado; multas somente após dia 15

Os radares e lombadas eletrônicas iniciam a operação em Mogi Guaçu neste sábado, dia 5 de novembro, após fase de testes e de aferição. Apesar do início do funcionamento dos equipamentos, os motoristas que desrespeitarem os limites de velocidade ou o avanço semafórico só poderão ser multados após o dia 15 de novembro – data de início efetivo do monitoramento.

“O motorista já conhece os pontos em que os radares foram instalados, pois a fase de testes começou no início de outubro. Vale aqui destacar que o monitoramento tem por objetivo garantir a segurança dos motoristas e pedestres, sendo que todos terão um prazo para se acostumarem com os radares antes do início das multas para quem não cumprir os limites de velocidade”, destacou o vice-prefeito Major Marcos Tuckumantel. “Estamos comunicando previamente o início da operação para que sejamos transparentes sobre o funcionamento. A intenção não é multar, mas garantir o respeito aos limites das vias e à segurança das pessoas”.

De acordo com o vice-prefeito, os radares terão papel fundamental quando a Muralha Digital entrar em operação, pois os sistemas estarão integrados, a fim de que o controle dos veículos possa ser feito em todas as regiões do município. “Já conversamos com a empresa e teremos como integrar o sistema das câmeras dos radares com a central da Muralha Digital. Isso reforçará nosso monitoramento eletrônico por câmeras com informações precisas e momentâneas e trará mais segurança e redução também nos índices de furto de veículos”.

Marcos Tuckumantel lembrou que a Muralha Digital está sendo implementada na cidade. “A Muralha Digital é um sistema de monitoramento inteligente que visa a identificação de veículos irregulares e o controle de atividades nos espaços supervisionados em tempo real, oferecendo mais segurança à população e mais ferramentas de combate à criminalidade”. A primeira fase consiste na instalação de 36 câmeras, que permitem leitura instantânea de placas de veículos, identificando automaticamente, por exemplo, a passagem de carros roubados, clonados e outras irregularidades.

A Secretaria Municipal Obras e Mobilidade (SOM) acompanhou toda a fase de instalação e de testes dos novos equipamentos. Toda a sinalização informando o motorista sobre o monitoramento eletrônico também já foi concluída pelos funcionários da pasta.

Além dos tradicionais radares, a lombada eletrônica (radar de fiscalização com display) também foi instalada em vias da cidade. O equipamento possui duas torres com um marcador eletrônico, que mostra a velocidade do veículo quando ele passa pela via. Antes dela, há ainda avisos por meio da sinalização de trânsito.

“Durante a fase de testes os motoristas puderam se familiarizar com os equipamentos, em especial a lombada eletrônica, que garante mais transparência no monitoramento quando o veículo passa pelo local, sendo indicada a velocidade em que ele trafega”, comentou o vice-prefeito.

A lombada eletrônica ficará 24 horas por dia emitindo um alerta na cor amarela e, quando os condutores se aproximarem, ela informará quando um veículo estiver abaixo ou acima do limite de velocidade. O painel ficará verde quando os motoristas se encontrarem abaixo ou dentro do limite e vermelha quando estiverem acima de 60 km/h.

Radares

No total, são 20 equipamentos. O contrato com a empresa prevê locação, instalação, operação e manutenção de equipamento fixo de controle de velocidade, de controle de restrição veicular, de equipamento fixo com registrador de velocidade, avanço semafórico e parada sobre a faixa, além do sistema integrado para gerenciamento de imagens e processamento das informações geradas.

“Os pontos foram definidos após análise e estudos técnicos que levam em conta fatores como acidentalidade, potencial de risco, características das vias, fluxo de veículos e pedestres, entre outros. É uma medida que visa ampliar a prudência e segurança no trânsito”, ressaltou Marcos Paulo Risseto Alves Bueno, secretário interino de Obras e Mobilidade.

  

Comentários