Rodrigo Falsetti anuncia passagens de ônibus a R$ 1 e R$ 2 aos finais de semana e redução da tarifa fora do pico

Em reunião com representantes da Expresso Fênix no início do mês, em 8 de abril, o prefeito Rodrigo Falsetti expôs reclamações e cobrou medidas que objetivam melhorar o transporte público em Mogi Guaçu – serviço que passou a ser realizado pela empresa há cerca de sete meses. Entre as novidades estabelecidas no encontro estão a redução da tarifa durante a semana em horários “entre pico”, com menor movimento, e passagens a R$ 1,00 e R$ 2,00 aos finais de semana. Em ambos os casos, somente com bilhete eletrônico.

As medidas serão colocadas em prática a partir do dia 22 de abril, com valor de R$ 4,00 para usuários dos coletivos de segunda a sexta-feira, das 4h às 6h, das 9h às 11h, das 14h às 16h e das 19h à meia-noite. Desconto, portanto, de R$ 1,30 em relação ao valor atual da passagem, que é de R$ 5,30.

“Sabemos que quando há mudança, como houve com o transporte público, há um tempo necessário para ajustes. Agora, com pouco mais de meio ano de serviços na cidade, voltamos a nos reunir com a viação para debater melhorias”, avaliou o prefeito. “Essa queda no valor durante a semana irá proporcionar uma economia significativa a centenas de pessoas todos os dias”.

A iniciativa, que contou com o estudo de estatísticas do sistema de bilhetagem eletrônica exigido no contrato de concessão, busca aliviar a demanda de passageiros em horário de pico, objetivando uniformizar o fluxo de usuários ao longo do dia.

Outra novidade, com início previsto para o dia 1º de maio, o Dia do Trabalhador, é a tarifa reduzida aos finais de semana, com catraca a R$ 2,00 aos sábados (já a partir de 30 de abril) e R$ 1,00 aos domingos – benefícios, vale lembrar, válidos somente com bilhete eletrônico.

Ainda no início do mês, em 4 de abril, nova linha, a 39, foi criada para atender à região dos bairros Sakaida e Paineiras com transporte ao centro da cidade – áreas até então sem assistência de transporte coletivo.

Novos pontos e melhorias
Ainda em parceria com a Expresso Fênix, o prefeito Rodrigo Falsetti confirmou a construção de cinco novos pontos de ônibus cobertos, que contarão com um sistema integrado de painéis de LED por meio dos quais os moradores terão informações sobre itinerários e horários dos ônibus em tempo real, trazendo mais conforto e comodidade para os usuários do serviço. A ideia do prefeito é utilizar esse sistema — que começa a funcionar no dia 9 de maio — como modelo para, posteriormente, aplicar o serviço em demais pontos da cidade.

“Além de auxiliar no orçamento das famílias, uma vez que as reduções no valor da tarifa vão impactar diretamente no bolso do cidadão, queremos melhorar a qualidade do serviço oferecido aos guaçuanos”, destacou Rodrigo.

Para atender às medidas solicitadas pela Prefeitura de Mogi Guaçu, a Expresso Fênix deve implantar a partir do próximo dia 20 de abril pontos descentralizados de cadastro provisório, inicialmente pelo período de 60 dias. Serão funcionários uniformizados, em três pontos do município, fazendo inscrições para o bilhete por meio de tablets. Os cartões poderão ser retirados, prontos, no Terminal. A emissão da primeira via do cartão é gratuita e atualmente pode ser realizada no Terminal Urbano de Mogi Guaçu e também pela internet, em https://fenixfacil.com.br/mogiguacu/.

Aliado a isso, a Expresso Fênix deverá ainda ampliar a rede de recargas, facilitando assim a utilização do bilhete eletrônico. De acordo com a empresa, a redução na tarifa só será aplicada mediante pagamento por meio do Bilhete Eletrônico Recarregável. A medida também auxiliará numa maior agilidade no embarque, o que trará mais eficiência no cumprimento dos horários dos ônibus do transporte público.

Além disso, com o aumento das passagens sendo pagas por meio do Bilhete Eletrônico, haverá uma redução drástica no volume de dinheiro circulando nos veículos, dando mais segurança aos usuários e trabalhadores do transporte coletivo.

  

Comentários