Sabesp anuncia investimentos de R$ 143,9 milhões nas Bacias PCJ, com assinatura de contratos de serviços de saneamento com Paulínia e Piracaia

A Sabesp, empresa associada ao Consórcio PCJ, assinou no dia 03 de julho contrato para a prestação dos serviços de água e esgoto com os também associados municípios de Paulínia e Piracaia. No total, a companhia anunciou que serão investidos R$ 143,9 milhões pelos próximos 30 anos, sendo R$ 116,5 milhões destinados à Paulínia e R$ 27,4 milhões para Piracaia.

As principais obras previstas em ambas contemplam melhorias significativas nos sistemas de saneamento e alcance de 100% nos índices de cobertura de água e esgoto.

Segundo a Sabesp, em Paulínia serão investidos R$ 35,5 milhões do total previsto até 2022, dos quais R$ 6,5 milhões destinado para abastecimento, R$ 28,2 milhões em sistemas de esgoto e R$ 860 mil em outros investimentos.

Entre 2023 e 2035, os investimentos serão da ordem de R$ 25,6 milhões para água, R$ 30,9 milhões para esgoto e 2,8 milhões para outros investimentos. Já de 2036 a 2048, os valores serão de R$ 15,6 milhões, R$ 3,1 milhões e 2,8 milhões, respectivamente.

Em relação ao abastecimento, a Sabesp prevê adaptar o sistema de captação do rio Jaguari, 5,5 mil metros de reforço de adutora de água tratada entre a Estação de Tratamento de Água e o Centro de Reservação Castelo; implantação de reservatório de 1 milhão de litros na região do Parque da Represa, além da execução de aproximadamente 17 km de redes de distribuição.

Já o tratamento de esgoto será aprimorado com a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos de Paulínia, e com a realização de mais de 48 km de rede coletora, incluindo o atendimento aos bairros Núcleo Betel, Bela Vista I e II, Região do Parque da Represa, Santa Terezinha II e Cascata.

Para o Prefeito de Paulínia, Ednilson Cazellato, o contrato firmado com a Sabesp deve trazer benefícios para a cidade. “Eu tinha uma preocupação com a cidade sem esse contrato, que é um ganho enorme para o nosso município. Agradeço aos meus secretários e aos vereadores, que entenderam que essa assinatura seria o melhor para a cidade.

Diante da nossa necessidade, sabemos que a Sabesp nos representa bastante”, comentou Cazellato.
Para o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, o marco legal do saneamento recém-aprovado no Congresso vai possibilitar, dentro do novo contrato, a atuação em áreas de vulnerabilidade social em Paulínia.

“Com a promulgação do novo marco, teremos a oportunidade, inclusive, de atender a população mais carente do município. Hoje temos alguma dificuldade de ir, por exemplo, em áreas irregulares, temos a dificuldade legal de prestar o serviço, mas com o novo marco vai haver a possibilidade de atender também essas áreas. Será um novo tempo. Vamos investir uma quantidade importante de recursos. A Sabesp vai prestar um serviço que deixará Paulínia orgulhosa”, disse.

  

Comentários