fbpx

Viagem: Como manter o organismo equilibrado

Só de pensar em passar alguns dias fora de casa, seu organismo “trava”? Isso não é incomum. Longe da rotina e, muitas vezes, da dieta ideal, o organismo para de funcionar como um reloginho. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 20% da população brasileira – a maioria mulheres – sofrem com prisão de ventre. Parte deste problema tem relação com a falta de fibras na alimentação.

Especialista dá dicas de como manter o corpo funcionando em equilíbrio mesmo longe de casa

Especialista dá dicas de como manter o corpo funcionando em equilíbrio mesmo longe de casa

Dr. Ayrton de Magistris, assessor médico da MIP Brasil Farma (www.mipbrasilfarma.com.br), explica que consumir cinco porções de fibras por dia é o ideal para manter o intestino funcionando mesmo fora de casa. “Frutas como mamão, laranja, ameixa, manga e também folhas em geral são nutritivas, ricas em fibras e combinam com uma dieta saudável. Arroz integral, pão de centeio, sementes de linhaça, farelo de aveia e trigo, entre outros, também são ótimas alternativas para aumentar a quantidade de fibras ingeridas e, consequentemente, o bem-estar”.

Para quem não vai ter tempo de preparar refeições equilibradas ou que vai passar boa parte do tempo na estrada, em aeroportos ou aviões, há uma maneira simples de manter a ingestão de fibras: Livina Fibras, gomas gelatinosas que suplementam a ingestão de fibras.

O produto possui FOS Fibra que é a combinação de duas fibras solúveis: frutooligossacarídeo e polidextrose, que suplementam e auxiliam no bom funcionamento do organismo. As gominhas podem ser encontradas nos sabores ameixa e tangerina e 2 gomas por dia suprem 70% da necessidade diária de fibras solúveis. São três tamanhos diferentes: Livina sabor ameixa vem em 14 ou 30 gomas. Já Livina sabor tangerina pode ser encontrado com 14, 30 ou 60 gomas. “Livina é uma ótima opção quando se está fora de casa, pois as gomas podem ser carregadas na bolsa e não precisam ser diluídas em água. Basta tirar da embalagem e consumir, como se fosse uma balinha – porém, não se deve passar de 2 gomas por dia, e deve-se ingerir mais água”, conta o especialista da MIP Brasil Farma.

A seguir, Dr. Ayrton de Magistris dá algumas dicas de como ingerir fibras durante as viagens:

– Pela manhã, faça uma combinação de frutas + cereal integral. Além de causar a sensação de saciedade, as frutas juntas com o cereal possuem grande quantidade das fibras de que necessitamos no dia.

– Durante o dia, não descuide da hidratação. Seja com sucos, água de coco, picolé… o importante é manter o corpo hidratado. O ideal é ingerir líquidos a cada uma hora, especialmente se a exposição ao sol for grande.

– Antes de dormir, dê preferência a alimentos leves. Lanches à base de pão integral acompanhado de uma carne magra ou uma salada colorida vão muito bem à noite, pois são mais fáceis de digerir.

PALAVRA DE ESPECIALISTA
Segundo a nutricionista Alessandra Luglio, as fibras solúveis são essenciais para o equilíbrio do intestino uma vez que servem de “alimento” para as bactérias. Por isso, são chamadas de prebióticas. “O baixo consumo de fibras é responsável pelo desequilíbrio na flora. Uma microbiota equilibrada e saudável é essencial para que possamos digerir perfeitamente os alimentos, garantindo a absorção dos nutrientes e a defesa do organismo contra bactérias e vírus patogênicos causadores de doenças e infecções. A partir de uma microbiota regulada e saudável, mandamos sinais para a produção de anticorpos e há uma resposta a algumas ameaças que têm como porta de entrada o intestino”.

  

Comentários