Saúde realiza nova etapa da Campanha de Doação de Sangue sexta, dia 4

Fazer o bem sem olhar a quem. É essa filosofia que mobiliza dezenas de holambrenses que participam regularmente das Campanhas de Doação de Sangue promovidas na cidade pela Prefeitura em parceria com o Hemocentro da Unicamp. Nessa sexta-feira, dia 4 de agosto, o Salão da Terceira Idade, no bairro Morada das Flores, sedia nova etapa dessa importante iniciativa de apoio à vida. A coleta, terceira esse ano, acontece das 8h ao meio dia.

Para doar, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 65 anos de idade, pesar mais de 50 kg e apresentar um documento de identidade com foto. Vale lembrar também que quem recebeu a vacina de febre amarela há menos de 30 dias precisa esperar para doar. Homens que já fizeram uma doação nos últimos 60 dias não poderão participar novamente nessa sexta. As mulheres deverão aguardar 90 dias entre uma doação e outra.

O diretor municipal de Saúde Valmir Marcelo Iglesias conta que nas últimas duas campanhas realizadas em 2017 foram contabilizadas aproximadamente 100 doações – cada uma delas, capaz de ajudar até três pacientes que precisam de transfusão.

“O procedimento de doação é muito simples, rápido e não oferece riscos aos doadores”, garante. “Em apenas dez minutos todos nós podemos fazer a diferença na vida de alguém”.

De acordo com Valmir, a intenção é ampliar o número de participantes nessa nova etapa da campanha – a penúltima do ano. “Doar sangue é um ato de solidariedade. E Holambra é uma cidade sempre muito solidária”, disse.

Confira o calendário da Campanha de Doação de Sangue 2017 em Holambra
3ª etapa: 4 de agosto
4ª etapa: 10 de novembro

Requisitos básicos
– Estar em boas condições de saúde.
– Ter entre 16 e 60 anos de idade.
– Pesar no mínimo 50kg.
– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
– Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Impeditivos
– Resfriado: aguardar sete dias após desaparecimento dos sintomas.
– Gravidez.
– Espera mínima de 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
– Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
– Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.
– Vacina contra gripe: espera mínima de 48 horas.
– Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
– Uso de drogas ilícitas injetáveis.

Matéria: ASCOM

  

Comentários