Secretaria de Saúde avalia reativação do antigo Pronto-Socorro Municipal

A secretária de Saúde de Artur Nogueira, Sandra Banin Gaído, afirmou que a Secretaria de Saúde estuda a possibilidade do pronto atendimento (PA) voltar a funcionar no prédio onde funcionava o antigo Pronto-socorro Municipal. “Existe sim essa possibilidade, estamos fazendo estudos e vamos avaliar para que pelo menos o pronto atendimento volte a funcionar no antigo local. Estamos avaliando a possibilidade e vamos torcer para dar certo”, ressaltou. Ela também destacou que a partir de agora a Secretaria de Saúde estará acompanhando mais de perto os procedimentos realizados no Hospital Bom Samaritano.

A primeira audiência pública de Saúde da cidade aconteceu na manhã da última quarta-feira, dia 31 de maio. A sessão foi aberta ao público e foram apresentadas todas as ações realizadas pela saúde, tais como fluxogramas de atendimentos, quantidades de unidades de saúde e especialidades, entre outros órgãos que representam a secretaria. Ainda foram fornecidas, por meio dos relatórios quadrimestrais, informações sobre os recursos públicos relacionados a pagamentos efetuados pela Pasta.

Fez parte da prestação de contas informações como, por exemplo, a quantidade de atendimentos realizados. Os PSFs atenderam 73.846 pacientes, o CAPS: 2.480, o transporte sanitário: 675; o 192 recebeu 3.704 ligações, atendeu 1645 casos reais e as transferências e altas foram 270. Nos setores de fisioterapia, laboratório Municipal, Espaço Mãe e Filho, Centro de Especialidades, Saúde Bucal, foram mais de 63.600 exames e atendimentos realizados.

Estiveram presentes o Conselho Municipal de Saúde, os vereadores Davi Fernandes, Zé Pedro Paes, Rodrigo de Faveri e Lucas Sia, além da secretária de Saúde Dra. Sandra Banin Gaído, Dr. Leandro Boer, coordenador Odontológico, Sra. Vilma Sia, presidente do Conselho Municipal de Saúde, funcionários relacionados a Saúde e alguns representantes de bairro.

A Dra. Sandra Banin ressaltou a importância da audiência pública. “A audiência pública é a ferramenta de gestão mais importante que tem o cidadão de participar ativa e diretamente do planejamento, decisões, ações e controle dos serviços de saúde, além de dar mais transparência a todo processo de gestão pública; com isso atendemos um pedido do prefeito Ivan”, explica a secretária de Saúde.

  

Comentários