Sul-Americana: com gol no fim, Bragantino perde em casa e se complica

Após três rodadas disputadas, a situação do Red Bull Bragantino na Copa Sul-Americana já é delicada. Nesta quarta-feira (5), o Massa Bruta foi derrotado pelo Talleres (Argentina) por 1 a 0 no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pelo Grupo G da competição. Foi o primeiro triunfo dos argentinos e a segunda derrota do clube brasileiro.

Os paulistas caíram para o terceiro lugar da chave, com três pontos, ultrapassados pelo próprio Talleres, que subiu para quatro pontos, em segundo. O líder, com seis pontos, é o Emelec (Equador), que enfrenta o Tolima (Colômbia), lanterna com um ponto, nesta sexta-feira (7), às 21h (horário de Brasília), no estádio Monumental de Lima (Peru). Na Copa Sul-Americana, diferentemente da Libertadores, apenas o melhor time de cada grupo se classifica à próxima fase.

Os 45 minutos iniciais foram de superioridade do Talleres, ainda que o maior volume não representasse necessariamente lances de perigo. Na etapa final, a missão do Bragantino ficou mais difícil com a expulsão do volante Lucas Evangelista, no primeiro minuto, por falta no meio de campo. Os paulistas se fecharam na defesa e resistiram à pressão até os acréscimos. Aos 47 minutos, o meia Diego Valoyes, de cabeça, deu a vitória aos visitantes. Antes do apito final, o técnico do Massa Bruta, Maurício Barbieri, foi expulso por reclamação.

Os paulistas caíram para o terceiro lugar da chave, com três pontos, ultrapassados pelo próprio Talleres, que subiu para quatro pontos, em segundo. O líder, com seis pontos, é o Emelec (Equador), que enfrenta o Tolima (Colômbia), lanterna com um ponto, nesta sexta-feira (7), às 21h (horário de Brasília), no estádio Monumental de Lima (Peru). Na Copa Sul-Americana, diferentemente da Libertadores, apenas o melhor time de cada grupo se classifica à próxima fase.

Os 45 minutos iniciais foram de superioridade do Talleres, ainda que o maior volume não representasse necessariamente lances de perigo. Na etapa final, a missão do Bragantino ficou mais difícil com a expulsão do volante Lucas Evangelista, no primeiro minuto, por falta no meio de campo. Os paulistas se fecharam na defesa e resistiram à pressão até os acréscimos. Aos 47 minutos, o meia Diego Valoyes, de cabeça, deu a vitória aos visitantes. Antes do apito final, o técnico do Massa Bruta, Maurício Barbieri, foi expulso por reclamação.

  

Comentários