Triturador de galhos é recuperado pela Prefeitura

A Prefeitura  de Mogi Mirim já está novamente com o triturador de galhos Vermeer BC1000 XL – pertencente a Secretaria de Meio Ambiente – furtado em 2017. Na quinta-feira (23), o equipamento foi enviado para a oficina, local onde passará por uma completa revisão. Na sequência toda a documentação deverá ser regularizada e efetivado um novo emplacamento. A previsão é que em agosto o maquinário comece a ser utilizado nos serviços de poda de árvores.

Ocorrência
Avaliada em cerca de R$ 145 mil, uma das máquinas mais utilizadas nos serviços de limpeza e poda de árvores e corte de galhos nas áreas verdes municipais, desde praças até canteiros centrais de avenidas, foi furtada há aproximadamente três anos. Na ocasião, a Secretaria de Meio Ambiente realizou boletim de ocorrência e a Secretaria de Segurança deu início às investigações. Procedimento interno também foi aberto na Prefeitura, a fim de averiguar os fatos.

Já em 2020, o caso sofreu uma reviravolta. O inspetor de polícia Fabrício Cereta da 2ª Delegacia de Polícia de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul entrou em contato com o secretário de Segurança Pública, José Luiz da Silva. Isso porque um triturador de galhos estava sendo documentado no município gaúcho. Através da conferência do registro do chassi durante a vistoria descobriu-se que o maquinário constava como furtado.

As negociações entre as autoridades policiais de ambos os municípios duraram por volta de sessenta dias mediante diligências e apresentação das documentações. Dois servidores da Secretaria de Meio Ambiente foram até Passo Fundo e num caminhão prancha o triturador de galhos retornou para Mogi Mirim.

“O apoio prestado pelo delegado de Passo Fundo e o trabalho conjunto de nossas cidades foi fundamental para que pudéssemos reaver o triturador. O resultado é que os serviços realizados pela Pasta terão mais agilidade, no que beneficiará toda a população”, destacou o secretário de Meio Ambiente, Ivair Biazotto.

  

Comentários