Última edição do ano do Cultura Rock acontece nesta quinta-feira (13)

A última edição deste ano do Projeto Cultura Rock acontece nesta quinta-feira, dia 13, na Réplica da Estação Ferroviária, em Artur Nogueira. A entrada como sempre é gratuita.

Um bar é montado no local pela Corporação Musical 24 de Junho para obter fundos revertidos à manutenção e aquisição de instrumentos para aulas totalmente gratuitas de musicalização do Projeto Retreta. O projeto conta com apoio total da Secretária de Cultura e Prefeitura Municipal.

Nesta edição de dezembro o Cultura Rock traz as bandas: OS BIDU e LIPPO A VAPOR. Toda a região está convidada a virem curtir o melhor encontro de músicos e rockeiros da região!!

Os BiDu
Com seus quase 3 anos de estrada, a banda Os Bidu, já tem algumas grandes conquistas em seu repertório, como fechar por dois anos consecutivos um dos maiores eventos de motociclistas do Brasil, o Distinguished Gentleman´s Ride, em São Paulo, e tocar nos mais variados palcos da região, sempre com energia, garra e muita vontade.

A banda se caracteriza por uma sonoridade ao mesmo tempo crua e complexa, por ser um power trio que tem um repertório de classic rock e blues, mas buscando músicas diferentes do mais tradicional desse estilo e que desafiem os músicos em cima do palco.

A banda é formada por Oscar Calstrom na guitarra e voz, Dudu Ramon no contrabaixo e traz para este show uma novidade de peso, o baterista Sérgio Riciopo (Stratonantes, Patuáh), que assumiu as baquetas recentemente.

LIPPO A VAPOR
Projeto criado na cidade de Campinas pelo guitarrista Filippo Baldassarini 64 anos, Dinossauro do Rock. Depois de quarenta anos com bandas como “Made in Brazil”, “Harppia”, “Ajna”, “Santa Gang” entre outras nos anos 70 e 80,.. Lippo agora abre seu baú de riffs característicos do rock pauleira.As Músicas são compostas a partir dos riffs de guitarra criados pelo Lippo, força e sonoridade que remete a toda uma época em que o rock no brasil tinha força.

Letras que em sua maioria falam de questões sociais e políticas de modo subjetivo, como era feito no brasil de 70 e 80 por causa da censura, artistas emblemáticos como Raul Seixas foram mestres em das voz ao povo de modo poético.O Ep de estréia com 2 musicas e um video single resultou em uma pequena tour pelo interior de SP, foram 17 datas em 14 cidades, setembro á novembro de 2017.

Gravou uma música para a coletânea ‘Aproveite bem seus finais de semana’, das produtoras Paralelo e Monstro filmes de Campinas com mais 14 bandas da região em dezembro 2017.
Participante finalista do Peneira Feeling produzido pela Feeling records de Sergio Almada em março 2018.

Ganhador do Festival QUEM SABE FAZ AUTORAL 4 em votação popular em novembro de 2017. E agora em fase de gravação do Primeiro Álbum completo, continua na estrada, só em 2018 já foram mais de 15 datas em várias cidades do estado de SP.

  

Comentários