Unidade de Saúde da Família do Rosa Cruz atende a partir de hoje, dia 1º

A USF (Unidade de Saúde da Família) do Jardim Rosa Cruz começa a atender aos moradores locais e de mais quatro bairros da zona Sul hoje, segunda-feira, dia 1º de agosto. O ato formal do início das atividades foi realizado nesta sexta-feira, dia 29, pela secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho.

Denominada USF “Dr. Antonio de Pádua Barbosa”, a nova unidade da rede de Atenção Básica do Município absorverá uma demanda estimada em quase 4 mil habitantes. Além dos moradores do Jardim Rosa Cruz, serão atendidas famílias do Jardim Casagrande, Itamaracá, Serra Dourada e Vila Vasconcelos.

A equipe é composta de uma médica generalista, enfermeira, três técnicas de enfermagem, uma agente de saúde, cinco agentes comunitárias de saúde, recepcionista e auxiliar de serviços. A coordenadora da unidade é a enfermeira Gabriela Cardoso Marien, que apresentou a equipe. A médica é Gabriela Florezi Armani, especializada em Saúde da Família.

O obstetra e especialista em Medicina do Trânsito, Antonio de Pádua Barbosa, compareceu ao ato solene e agradeceu ter sido homenageado. Como já não exerce mais especialidade com que começou a trabalhar em Mogi Guaçu há 37 anos, ele doou sua mesa de obstetrícia para a USF que recebe seu nome.

A nova unidade é a 13ª do Programa de Saúde da Família instalada em Mogi Guaçu, que conta ainda com nove UBS (Unidades Básicas de Saúde) na rede municipal. A obra custou R$ 370.820,98. O Ministério da Saúde repassou R$ 200 mil ao Município e a Prefeitura cobriu a diferença a título de contrapartida.

Segundo Clara Alice, a Secretaria de Saúde planeja converter as nove UBS também em Unidades de Saúde da Família conforme meta do Ministério da Saúde. A principal diferença é que uma USF inclui o atendimento em domicílio e, por isso, demanda uma estrutura menor que uma UBS, mas sem prejuízo para a população.

A prioridade é a prevenção a doenças e casos que exijam atenção especializada são encaminhados aos respectivos especialistas, como pediatras e ginecologistas, por exemplo.

Matéria: Prefeitura de Mogi Guaçu

  

Comentários