Uso de máscaras deixa de ser obrigatório também em ambientes fechados em Jaguariúna

Depois de dois anos de pandemia de coronavírus, o uso de máscaras em todos os ambientes, externos e internos, deixa de ser obrigatório em Jaguariúna e em todo o Estado de São Paulo. A medida na cidade segue a determinação prevista no decreto estadual publicado nesta quinta-feira, dia 17 de março, e anunciado pelo governador João Doria durante entrevista à imprensa.

Segundo o decreto estadual, a exceção fica por conta do transporte público e nos locais destinados à prestação de serviços de saúde, incluindo hospitais, onde a máscara continua sendo exigida. No último dia 9, o Estado havia liberado o uso de máscaras apenas em locais abertos, públicos ou privados.

O governador Doria informou que a decisão de flexibilizar o uso de máscaras em todo o Estado é respaldada em uma nota técnica do Comitê Científico que “demonstra uma melhora consistente na situação epidemiológica no Estado”.

“Nós sempre alertamos que, caso o número de infectados pela Covid-19 volte a crescer em nosso município, Jaguariúna pode decretar a obrigatoriedade do uso de máscaras, pois o município tem autonomia para decidir sobre isso”, explica a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

A Secretaria de Saúde também orienta que as pessoas sejam prudentes e sempre utilizem a máscara se estiverem com sintomas gripais, seja em locais abertos ou fechados. “Se as pessoas estiverem em local com aglomeração, é interessante que também utilizem as máscaras. Não é porque foi decretada a não obrigatoriedade de máscara que as pessoas precisam abusar. Quem se sentir mais seguro, pode continuar usando a sua máscara. Afinal, a pandemia ainda não acabou e todo cuidado é importante”, completa Maria do Carmo.
A secretaria ainda reforça mais uma vez a necessidade de se completar o esquema vacinal contra a Covid, para que a proteção contra a doença seja mais eficiente.

 

  

Comentários