Violonista e percussionista, fala sobre improvisação e composição, em live do Projeto Guri

Alisson Amador apresenta a live “Improvisação e composição: meios para desenvolver a criatividade e a sensibilidade”, com o intuito de resgatar essas capacidades por meio de conversas, histórias e música. A performance será apresentada no dia 10 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos Organização Social de Cultura, instituição responsável pela gestão do Projeto Guri no interior, litoral paulista e polos da Fundação CASA. Maior programa sociocultural brasileiro, o Projeto Guri é mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Durante a live, Amador incentivará os participantes a se reconectarem e estimularem suas capacidades criativas. O atual cenário da pandemia está possibilitando trazer inúmeras reflexões para a humanidade e dentre estas o nosso modo de vida, ou seja, o que fazemos para a nossa saúde individual e coletiva, e também para a saúde do planeta.

Amador trabalhou em diversas vertentes musicais como: música contemporânea, choro, improvisação livre, música orquestral e música instrumental brasileira. Também é pesquisador e faz mestrado pela UNESP, com pesquisa relacionada ao uso do vibrafone na música instrumental brasileira. Atualmente tem dois discos em fase de gravação.

A ação “#VamosDeMúsica” é uma campanha realizada pela Sustenidos que tem como intuito trazer conteúdos culturais diversificados e, com isso, promover, com excelência, o desenvolvimento humano de gerações em formação. Com a iniciativa, a organização pretende, ainda, mostrar o resultado dos programas que administra, como Projeto Guri, Festivais Imagine Brazil e Ethno Brazil e o MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange).

Além da participação de alunos e ex-alunos do Projeto Guri, e profissionais da Sustenidos, também há participação de diversos artistas. As lives acontecem todas as quartas e sextas-feiras, às 15h, na página do Facebook da Sustenidos.

Para conferir as exibições anteriores ou ficar por dentro das próximas acesse:

http://www.sustenidos.org.br/vamosdemusica/

Serviço: Live “Improvisação e composição: meios para desenvolver a criatividade e a sensibilidade”, com Alisson Amador

Quando: 10 de julho

Horário: 15h

Página: https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/

 

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 810 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

 

Sobre a Sustenidos: Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização gestora do Festival Ethno Brazil, Som Na Estrada, Festival Imagine Brazil, MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange) e Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa de ensino musical no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar.

Saiba como contribuir: http://www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/

  

Comentários